Negócios e Empreendorismo

TAP entre as 10 companhias mais seguras do mundo

A TAP é a sétima companhia aérea mais segura do mundo. A conclusão é do centro de investigação para a segurança na aviação JACDEC, que, anualmente, divulga a lista das transportadoras aéreas que mais garantias oferecem aos passageiros.
Versão para impressão
A TAP é a sétima companhia aérea mais segura do mundo. A conclusão é do centro de investigação para a segurança na aviação JACDEC, que, anualmente, divulga a lista das transportadoras aéreas que mais garantias oferecem aos passageiros com base no acompanhamento de dados sobre acidentes que acontecem pelo globo. 
 
A companhia de bandeira portuguesa surge no “top 10” das mais seguras a nível internacional em 2012, sendo a lista liderada pela Finnair, a maior transportadora aérea da Finlândia, cujo principal centro de operações é o Aeroporto de Helsínquia-Vantaa. A completar o pódio estão a Air New Zealand (2º), da Nova Zelândia, a Cathay Pacific Airways, companhia com sede em Hong Kond (3º). 
 
De destacar também a presença, entre as 10 melhores do mundo, e à frente da TAP, de duas companhias aéreas do Médio Oriente que têm vindo a afirmar-se, a Emirates e a Etihad Airways, ambas dos Emirados Árabes Unidos. Acima da transportadora portuguesa aparece ainda a Eva Air, empresa aérea de Taiwan. 
 
Apesar de ultrapassada por estas companhias orientais e de ter caído três lugares em relação a 2011 (devido à idade da frota), a TAP Portugal mantém-se à frente de nomes fortes do transporte aéreo como a British Airways, do Reino Unido, ou a Lufthansa, da Alemanha. 
 
No fim da lista, que reúne um total de 60 companhias, estão as brasileiras GOL Transportes Aéreos e TAM Airlines, a Air India e a chinesa China Airlines, que encerra o ranking.
 
Segundo o JACDEC, esta lista baseia-se “nos cálculos anuais de segurança” que incluem acidentes com perda total do aparelho e incidentes graves nos últimos 30 anos de operação em relação à quantidade de passageiros (clientes, não membros da tripulação) transportados por quilómetro no mesmo período. 
 
Além disso, a investigação dá importância ao fator tempo, aumentando o peso de acidentes recentes e enfraquecendo o de problemas antigos.

Clique AQUI para aceder ao ranking completo do JACDEC relativo a 2012.

Notícia sugerida por Carla Neves e Diana Rodrigues

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close