Saúde

Surto de cólera abrandou no Haiti

O número de mortes no Haiti provocados pelo surto de cólera parece estar a abrandar depois de uma intervenção de grande escala por parte de uma multinacional para limitar o alastramento da doença que até agora matou, de acordo com a Reuters, 259 pess
Versão para impressão
O número de mortes no Haiti provocados pelo surto de cólera parece estar a abrandar depois de uma intervenção de grande escala por parte de uma multinacional para limitar o alastramento da doença que até agora matou, de acordo com a Reuters, 259 pessoas no país.

O Governo espanhol enviou esta segunda-feira um avião com 15 toneladas de apoio humanitário para ajudar a região.  Soro, material sanitário e pastilhas para desinfetar água são os materiais que o Governo espanhol decidiu enviar para apoiar 3.600 pessoas.
            
Nas últimas 24 horas terão morrido apenas seis pessoas, contudo, as autoridades ainda receiam que a doença se alastre para a capital, ou outras zonas e países limítrofes.
“Se a cólera espalhar-se até à capital será devastador”, alerta Phoebe Greenwood da associação humanitária “Save The Children”, citada pela Euronews.

Cinco casos de cólera foram detetados na capital de Port-Au-Prince mas foram imediatamente detetados e isolados.   

A cólera é uma infeção aguda que rapidamente desidrata o corpo causando vómitos e diarreia. Se não for tratada dentro de 24 horas será fatal. Alastra-se através do consumo de água ou comida infetada pela bactéria.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close