Saúde

Subir escadas reduz risco de AVC em 20%

Subir 3 andares por dia pode minimizar em cerca de 20% o risco de AVC e de morte por outras causas. Estes e outros benefícios de optar pelas escadas em vez do elevador estão a ser reforçados numa nova campanha da Direção-Geral de Saúde.
Versão para impressão
Subir três andares por dia pode minimizar em cerca de 20% o risco de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e de morte por outras causas. Estes e outros benefícios de optar pelas escadas em vez do elevador estão a ser reforçados numa nova campanha da Direção-Geral de Saúde.
 
Para além de reduzir o risco de AVC, esta atividade ajuda a queimar calorias: subir escadas durante dois minutos corresponde a um gasto de calorias suficiente para eliminar 500 gramas de peso ganho por adulto, num ano.

Para sublinhar os benefícios que uma prática tão simples pode trazer, a Direção-Geral da Saúde acaba de lançar uma campanha que recorda aos portugueses as vantagens de subir escadas em vez de apanhar o elevador.
 
A DGS salienta que a utilização regular de escadas contribui também para melhorar os níveis de colesterol, reduzir o stresse e a ansiedade, melhorar o desempenho cardiovascular, reduzir o risco de osteoporose e fraturas, fortalecer o sistema ósseo, aumentar a capacidade respiratória, melhorar a função pulmonar e, finalmente, controlar o peso.
 
A campanha “Faça a melhor escolha. Vá pelas escadas” inspirou-se no dia mundial “Move for Health”, comemorado a 10 de Maio, e instituído pela Organização Mundial da Saúde como forma de promover benefícios da atividade física regular.
 
O 'Move for Health Day', foi criado há 13 anos, em 2002, e é um evento internacional criado pela Organização Mundial da Saúde para promover a atividade física.
 
Notícia sugerida por Maria Pandina
 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close