Negócios e Empreendorismo

Souto Moura vence ‘Nobel’ da Arquitetura

O arquiteto português Eduardo Souto de Moura foi esta segunda-feira declarado vencedor do Prémio Pritzker 2011, o mais alto galardão da área, considerado uma espécie de 'Nobel` da Arquitetura.
Versão para impressão
O arquiteto português Eduardo Souto de Moura foi esta segunda-feira declarado vencedor do Prémio Pritzker 2011, o mais alto galardão da área, considerado uma espécie de ‘Nobel’ da Arquitetura.

No anúncio do prémio o júri referiu o estádio do Braga e o museu Casa das História de Paula Rego [na foto] como algumas das principais obras do arquiteto e enalteceu a sua capacidade para misturar nos seus projetos características opostas como “o poder e a modéstia, a coragem e a subtileza”.

Souto Moura irá receber uma quantia de 100 mil dólares e um par de medalhas em bronze. A cerimónia oficial de entrega do prémio terá lugar em Junho, na cidade de Washington.

Nascido em 1952, no Porto, Eduardo Souto Moura é o segundo arquiteto português a receber esta distinção, depois de Álvaro Siza Vieira ter vencido em 1992. E junta o seu nome aos de outros grandes arquitetos mundiais, como Oscar Niemeyer, Frank Gehry, Jean Nouvel e Rem Koolhaas.

[Notícia sugerida por Alexandra Maciel, Vítor Fernandes, Nuno Santos, Tiago Fonseca, Hugo Mota e Joana Marques]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close