Mundo

Soldados salvam bebé abandonada no Afeganistão

Um grupo de soldados polacos salvou uma bebé recém-nascida abandonada à beira de uma estrada no sul do Afeganistão. Agora, a menina está em segurança e já ganhou uma nova família.
Versão para impressão
Um grupo de soldados polacos salvou uma bebé recém-nascida abandonada à beira de uma estrada no sul do Afeganistão. Ao depararem-se com algumas toalhas enroladas no meio do nada as tropas ainda temeram que se tratasse de uma bomba, mas vieram a descobrir que era apenas uma menina. 
 
A bebé foi encontrada na passada quarta-feira, enquanto os soldados patrulhavam uma zona próxima da base militar de Waghez, de acordo com o porta-voz do Ministério da Defesa Polaco, Janusz Walczak.

O grupo não conseguiu encontrar ninguém nas redondezas, não havendo quaisquer informações acerca de quem terá abandonado a criança e dos motivos desse abandono, embora em certas partes do país seja considerada tabu a existência de filhos fora do casamento, o que poderá ser uma justificação.

 
De acordo com a Associated Press (AP), as tropas polacas acabaram por levar a bebé – que batizaram Pola, em homenagem à Polónia – para o centro médico da base onde estão hospedados e compraram leite em pó e um biberão para a alimentar, entregando-a depois ao hospital da província de Ghazni. 
 
No hospital a menina ganhou um novo nome, Aria, e uma nova família: o comerciante Mohammad Zahir, de 29 anos, e a mulher, que há quatro anos tentavam ter um filho sem sucesso devido a problemas de fertilidade, decidiram adotá-la e dar-lhe um lar.
 
“Disseram-me que muitas pessoas queriam ficar com ela, mas que queriam entregá-la a alguém que não voltasse a abandoná-la”, contou o agora pai adotivo da bebé, citado pela AP, garantindo tal nunca acontecerá, até porque a mulher “não consegue estar longe de Aria nem por um minuto”. 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close