Ciência

Sinais nervosos controlam equipamentos e próteses

Investigadores estão a desenvolver tecnologias que permitem a doentes, paralisados ou amputados, controlarem equipamentos como cadeiras de rodas e mãos mecânicas a partir do pensamento e dos nervos dos braços.
Versão para impressão
[Fotografia: ©Science Photo Library/Arquivo]

Investigadores estão a desenvolver tecnologias que permitem a doentes, paralisados ou amputados, controlarem equipamentos como cadeiras de rodas e mãos mecânicas a partir do pensamento e dos nervos dos braços.

Os avanços nesta área dão esperança renovada a pessoas como Jessie [no vídeo abaixo da BBC] que, em parceria com investigadores da Universidade John Hopkins, nos EUA, podem ver a sua vida facilitada com o desenvolvimento de mãos biónicas.

Com uma prótese artificial do lado esquerdo, Jessie é capaz de agarrar em objetos e movimentá-los com a precisão semelhante a uma mão de verdade.

Os comandos para movimentar a mão biónica saem das terminações nervosas do peito de Jessie, como se pode ver exemplificado no vídeo da BBC.

Outra das novidades é a cadeira de rodas da École Polytechnique Fédérale de Lausanne (EPFL), na Suíça, que pode ser controlada pelo pensamento graças a sensores afixados a uma touca que capta sinais elétricos ténues no cérebro do utilizador.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close