Negócios e Empreendorismo

Shark tank: ‘Tubarões’ investem com capitais próprios

Os elementos do júri do programa Shark Tank Portugal vão investir nos projetos candidatos com capitais próprios, sem recorrer ao apoio financeiro de qualquer instituição bancária. As candidaturas para a estreia do programa estão a decorrer até dia 22
Versão para impressão
Os elementos do júri do programa Shark Tank Portugal vão investir nos projetos candidatos com capitais próprios, sem recorrer ao apoio financeiro de qualquer instituição bancária. As candidaturas para a estreia do programa estão a decorrer até dia 22 de Dezembro.

Os eventuais investimentos realizados pelos “tubarões” serão de sua própria conta e risco, contando para tal apenas com os capitais próprios que apresentaram à produção do programa aquando da sua selecção, informa a produção do programa num comunicado enviado ao Boas Notícias.

“Não faria sentido ser de outra forma”, salienta Mário Ferreira, um dos potenciais investidores que avaliará as propostas dos empreendedores portugueses. “O Shark Tank é um programa onde o empreendedorismo é o foco central, sendo o objectivo do mesmo que as pessoas apresentem ideias aos investidores de forma a convencê-los a investir nas mesmas com o seu dinheiro, e não com o dinheiro dos bancos”.
 
O programa, que segue o modelo de grande sucesso a nível mundial, tem ajudado a lançar vários produtos e serviços através da possibilidade de permitir aos empreendedores apresentarem as suas ideias de negócio a um painel de investidores que, ao longo da sua carreira, se destacaram nas suas áreas precisamente pelo carácter empreendedor das suas iniciativas empresariais.

“Analisar investimentos arriscando o dinheiro de outros é tão fácil como jogar monopólio. Aqui cada um de nós terá de fazer a sua avaliação e perceber se cada ideia que nos apresentam é séria e tem potencial, porque não há margem para erros: se falharmos, é o nosso dinheiro que voa!”, concluiu o empresário, que detém várias empresas de sucesso na área do turismo.

Os empreendedores que quiserem participar terão de fazer uma apresentação curta de vendas, o 'pitch', através de um vídeo de cinco minutos, essencial na passagem à fase seguinte, “o momento do 'Tudo ou Nada!'.

Clique AQUI para aceder ao Facebook oficial do programa.

 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close