Mundo

Seul desbloqueia ajuda médica a Pyongyang

NULL
Versão para impressão
A Coreia do Sul vai retomar a assistência médica à Coreia do Norte através da Organização Mundial de Saúde (OMS), que pertence à ONU. Segundo a BBC, o governo de Seul autorizou a OMS a libertar os cinco milhões de euros que havia doado em 2010 para prestar auxílio humanitário à Coreia do Norte.

A suspensão deste apoio aconteceu em 2010 quando a corveta Cheonan, pertencente ao governo de Seul, se afundou e faleceram 46 pessoas. O acontecimento foi atribuído, pela Coreia do Sul, a um ataque submarino de Pyongyang (Coreia do Norte).

Nos últimos meses, segundo a BBC, houve um alívio de tensão entre os dois países. Por outro lado, também têm ocorrido vários contactos diplomáticos no sentido de chegar a um entendimento sobre o desarmamento nuclear.

Citada pela BBC, a agência noticiosa da Coreia do Sul, a Yonhap, afirma que esta decisão de libertar o dinheiro tem como objetivo aliviar a situação humanitária dos que são mais vulneráveis: bebés e crianças que precisam de cuidados de saúde.

[Notícia sugerida por Patricia Guedes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close