Cultura

Serra da Arrábida vai ter parque arqueológico

NULL
Versão para impressão
O Parque Natural da Arrábida poderá vir a ser um espaço arqueológico. As autarquias de Setúbal e Sesimbra reúnem-se esta segunda-feira para assinar um protocolo com a Universidade de Lisboa e a Casa do Calhariz com o objetivo de recolher informações que tornem possível criar o futuro Parque Arqueológico da Arrábida.

A Serra do Risco, propriedade da Casa do Calhariz, possui várias zonas identificadas. A ideia é promover sondagens arqueológicas nesses locais de forma a dar continuidade “à promoção, valorização e salvaguarda do património do concelho”, explica a Câmara Municipal de Sesimbra.

Os locais identificados são a Lapa da Nazaré, Povoado da Idade do Bronze, Povoado Neolítico Final – Calcolítico dos Prados, Povoado Neolítico antigo da Roça do Casal do Meio e a Lapa da Cova.

Além das escavações, o projeto vai partir também para uma campanha de sensibilização da população. Para isso, vão ser promovidos passeios culturais, palestras, ações de educação patrimonial, e ainda uma exposição sobre o monumento da Roça do Casal do Meio, lê-se no site na CM Sesimbra.

Esta ação vai custar 45 mil euros a cada autarquia. O protocolo é assinado às 10 horas na Casa do Calhariz.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close