Saúde

Seringa a laser portuguesa no mercado em 2013

Uma seringa a laser, sem agulha, que está a ser desenvolvida na Universidade de Coimbra, deverá chegar ao mercado dentro de apenas um ano. O anúncio foi feito esta semana por Carlos Serpa, um dos investigadores envolvidos.
Versão para impressão
Uma seringa a laser, sem agulha, que está a ser desenvolvida na Universidade de Coimbra (UC), deverá chegar ao mercado dentro de apenas um ano. O anúncio foi feito esta semana por Carlos Serpa, um dos investigadores envolvidos, durante a apresentação do protótipo da Laserleap, projeto que nasceu em 2008.
 
Criada por um grupo de três investigadores do Departamento de Química daquela instituição de ensino universitário – Carlos Serpa, Luís Arnaut e Gonçalo Sá – a seringa permite a administração rápida e eficaz de fármacos através da pele, sem utilização de agulha, o que a torna indolor e de baixo custo.
 
Como o Boas Notícias adiantou no início deste ano, quando a LaserLeap venceu um dos maiores encontros científicos do mundo na área da fotónica, o Photonics West 2012, esta seringa inovadora tem múltiplas aplicações.
 
Entre as potenciais aplicações estão, por exemplo, o tratamento do cancro da pele e de determinadas doenças dermatológicas, a administração de vacinas e a utilização na área da cosmética.
 
Até agora, o sistema já foi testado em três dezenas de estudantes do Departamento de Química, e, de uma maneira geral, “não provoca dor nem vermelhidão”. A vermelhidão foi observada em “apenas cinco por cento dos casos, mas passa rapidamente”, sendo o dispositivo considerado “seguro para os humanos”.
 
A Laserleap já deu origem à criação de uma empresa, a LaserLeap Tecnologies, criada em Setembro de 2011 e atualmente incubada no Instituto Pedro Nunes.

Além disso, a invenção portuguesa venceu também a primeira edição do prémio espanhol RedEmprendia, no valor de 200 mil euros, e a equipa que a desenvolveu fez também um pedido de patente internacional.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta, Sofia Baptista, Maria Manuela Mendes,  Patrícia Guedes e José Moreira]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close