Ciência

Satélite alemão caiu no Oceano Índico

NULL
Versão para impressão
O satélite alemão ROSAT que se dirigia em direção à Terra, desfez-se ao entrar na atmosfera. O objeto que pesava cerca de duas toneladas pertencia ao Centro Aeroespacial Alemão (DLR), sediado em Colónia, e tinha sido lançado para o espaço em 1990.

“Com a reentrada do ROSAT, foi concluída uma das missões espaciais alemãs mais bem-sucedidas de sempre”, disse Johann-Dietrich Wörner, responsável da DLR Executive Board. “A dedicação de todos os que estiveram envolvidos na missão foi exemplar. Todos merecem os meus mais sinceros agradecimentos”.

O satélite tinha entrado na atmosfera no dia 23 de Outubro, mas até esta quarta-feira os especialistas alemães não tinham conseguido precisar o local da queda de algumas das suas peças. O ROSAT entrou na Terra pela Baía de Bengala e terá caído sobre o Oceano Índico.

O satélite tinha como missão permitir aos investigadores realizar uma pesquisa de todo o céu, utilizando raio-X. Originalmente estava previsto que funcionasse durante apenas 18 meses, mas dado o sucesso da sua missão só foi desativado oito anos depois, em 1999, informa o Globo. Desde essa altura os cientistas já não conseguiam contactar-se com o satélite, nem tinham poder sobre a sua queda.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close