Sociedade

Santa Casa à procura de jovens e seniores empreendedores

A partir desta quinta-feira, os jovens e seniores desempregados, com perfil empreendedor, podem candidatar-se ao novo programa de empreendedorismo intergeracional promovido pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa para a criação de novos negócios so
Versão para impressão
A partir desta quinta-feira, os jovens e seniores desempregados, com perfil empreendedor, podem candidatar-se ao novo programa de empreendedorismo intergeracional promovido pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa para a criação de novos negócios sociais.
 
Pelo nome 'UAW – United At Work', o mesmo tem por objetivo selecionar jovens e seniores qualificados e desempregados para que, juntos, criem novas empresas. Como tal, até dia 27 de Abril, podem concorrer ao programa jovens com idades até aos 30 anos e formação académica superior, bem como seniores dos 50 aos 64 anos, qualificados com experiência profissional e com dificuldade em regressar ao mercado de trabalho.
 
“Os especialistas conseguiram identificar mais de 60 oportunidades reais de negócio social em que a Santa Casa e os parceiros do Banco de Inovação Social possuem um vasto conhecimento, experiência e capacidade agregadora de ativos de apoio”, revela Maria do Carmo Marques Pinto, diretora do Departamento de Empreendedorismo e Economia da Santa Casa. 
 
As mesmas passam, essencialmente, por áreas como a Saúde, Ação Social, Cultura e Património. Cada uma das ideais está, agora, a ser estruturada num “catálogo de oportunidades” para negócios sociais, que deverá ser apresentado no dia 23 de Abril. 
 
Depois de selecionados, os candidatos podem optar pelo negócio com o qual se identificam mais, entre aqueles apresentados nesse mesmo catálogo. “O grande desafio passa sempre por abraçar um novo projeto de vida o mais rapidamente possível”, refere a responsável. “Aqui, o objetivo é dar ainda mais eficácia ao empreendedorismo”. 
 
Tendo em conta a “enorme taxa de mortalidade de projetos (normalmente 60% não sobrevive ao primeiro ano), acreditamos que o apoio ao empreendedorismo deve centrar-se na estruturação de oportunidades de negócio e na seleção dos perfis empreendedores mais adequados”.
 
Contudo, a responsável ressalva que isso não exclui a seleção de alguém em função da sua ideia, embora esta “tenha de ter por base uma oportunidade de negócio séria”.  
 
Inicialmente serão selecionados um total de 200 candidatos e, numa segunda fase, 120, para criar 12 equipas intergeracionais, com um mínimo de duas pessoas e um máximo de cinco.  As candidaturas podem ser feitas através do site do UAW, usando um formulário disponível na secção 'Candidaturas'. O resultado deverá ser anunciado no início de Maio.
 
Além da Santa Casa, incluem-se entre os parceiros do 'United At Work', a Câmara Municipal de Lisboa, a Fundação Calouste Gulbenkian, a Beta-i, o Inatel, a ACIDI, o ISCTE e o Instituto de Emprego e Formação Profissional, entre outros.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close