i9magazine

Rendas a estudantes aumentam 4% no primeiro semestre de 2018

Versão para impressão

Uniplaces, plataforma online para alojamento de estudantes universitários, revela hoje os dados de arrendamento na plataforma referentes ao primeiro semestre de 2018, em Portugal. No primeiro semestre do ano o valor médio das rendas a estudantes no nosso país foi de 451 euros, um valor que se manteve estável face ao período homologo de 2017, com uma subida de 17 euros, um aumento de 4%.

Nos primeiros seis meses do ano, o número de estudantes internacionais a arrendar casa ou quarto no nosso país através da plataforma também aumentou, com mais de 88% das reservas a serem feitas por estudantes de outras nacionalidades. Face ao mesmo período de 2017, o número de estudantes estrangeiros a reservar na Uniplaces, em Portugal, aumento cerca de 8%.

A cidade de Lisboa continua a ser a mais cara para se estudar no nosso país, e contou no primeiro semestre do ano com uma renda média de 485 euros, valor que reflete um aumento de 26 euros face aos primeiros seis meses de 2017. O número de reservas feitas através da Uniplaces na cidade de Lisboa contou também um aumento de cerca de 10% no primeiro semestre deste ano.

No Porto, as rendas a estudantes apresentam o valor médio de 407 euros, número que se traduz numa subida de 24 euros em comparação com o primeiro semestre de 2017. Tal como em Lisboa, as reservas efetuadas na plataforma ao longo do primeiro semestre na cidade do Porto contam com um aumento superior a 10% face ao último ano.

Entre as três principais cidades universitárias do país, Coimbra mantém-se no primeiro semestre de 2018 como a menos dispendiosa para estudar.  A renda média mensal durante o primeiro semestre de 2018, na plataforma Uniplaces, foi de 291 euros, valor que espelha uma ligeira diminuição de dois euros face ao igual período de 2017. Estudar em Coimbra custa, em média, menos 194 euros do que estudar em Lisboa e, em média, menos 116 euros do que estudar na cidade do Porto.

“O número de estudantes em mobilidade no nosso país continua a aumentar, sendo muito importante a continuação da aposta no mercado de alojamento para estudantes, para que o leque de opções aumente e se torne mais diversificado para quem procura casa ou quarto para arrendar”, afirma Giovanni Lavra, Country Manager da Uniplaces em Portugal.

A Uniplaces está a construir uma ligação entre estudantes e senhorios, potenciando a rentabilidade dos imóveis e, paralelamente, facilitando um arrendamento rápido, seguro e transparente.

Nota: os valores apresentados referem-se às reservas efetuadas na plataforma Uniplaces ao longo dos períodos indicados (primeiro semestre de 2018 e comparação com o primeiro semestre de 2017).

O conteúdo Rendas a estudantes aumentam 4% no primeiro semestre de 2018 aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close