Ciência

Reguengos de Monsaraz tem maior depósito de marfim

Foram encontrados no Complexo dos Perdigões, em Reguengos de Monsaraz, 300 objetos de marfim, desde estatuetas de animais, alfinetes, cabos e outros registos. A descoberta é já considerada como o maior depósito de marfim em Portugal, datado de há cer
Versão para impressão
[Fotografia: Era-Arqueologia (Facebook)]
Foram encontrados no Complexo dos Perdigões, em Reguengos de Monsaraz, 300 objetos de marfim, desde estatuetas de animais, alfinetes, cabos e outros registos. A descoberta é já considerada como o maior depósito de marfim em Portugal, datado de há cerca de cinco mil anos.

“Encontrámos estatuetas com um realismo notável, que reproduzem animais em tamanho pequeno, quando noutras comunidades predominava a arte esquemática”, frisa António Valera, arqueólogo da ERA Arqueologia, a empresa responsável pelas escavações, em parceria com a empresa de vinhos Esporão.

 “A variedade destes animais é inédita em território nacional”, sublinha. O passo seguinte é apurar a proveniência do marfim. Se for de origem indiana, comprova “a rede de contactos em que se integrava a Península Ibérica” no Calcolítico (3000 anos a.C.), disse o responsável, citado pelo jornal Público, numa conferência, esta semana, em Lisboa.

O complexo de cerca de 16 hectares, geograficamente circular, quase à semelhança de Stonehenge, está construído “com uma orientação astrológica e cosmológica”. As portas do complexo localizadas a nordeste e a sudeste coincidem, respectivamente, com os solstícios de verão  e de inverno.      
 
O complexo dos Perdigões começou a ser escavado em 1997, depois da propriedade  ter sido adquirida pela empresa de vinhos Esporão S.A. e terem sido encontrados  vestígios arqueológicos que pararam o projectado cultivo de vinha.     
 
Cruzar a investigação arqueológica com o turismo, a gastronomia local  e os vinhos é o projeto que pretende que o público em geral conheça mais e melhor o complexo arqueológico dos Perdigões, com cerca de cinco mil anos.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close