Cultura

Recuperadas cartas de Chopin perdidas desde 1939

Seis cartas escritas por Fréderic Chopin, que se julgavam perdidas desde a altura da II Guerra Mundial, foram recuperadas e reveladas numa exposição em Varsóvia, no museu dedicado ao compositor e pianista.
Versão para impressão
Seis cartas escritas por Fréderic Chopin, que se julgavam perdidas desde a altura da II Guerra Mundial, foram recuperadas e reveladas numa exposição em Varsóvia, no museu dedicado ao compositor e pianista.

Escritas entre 1845 e 1848, um ano antes da morte de Chopin, em França, as cartas são endereçadas a familiares polacos e descrevem o quotidiano e o trabalho do músico, explica à AFP Alicja Knast, curador do museu de Varsóvia.

A responsável explicou que a família reteve as cartas até 1939, mas após a II Guerra Mundial perderam-nas. O colecionador Marek Keller encontrou-as numa coleção privada e trouxe-as para o museu de Varsóvia, um dos maiores e mais importantes da Polónia.

Nascido em 1810 na Polónia, Fréderic François Chopin, acabou por mudar-se para Paris, onde viveu até à sua morte precoce, com apenas 39 anos. Revelando-se desde cedo como um prodígio da música, Chopin foi um dos mais importantes compositores do movimento romântico.

[Notícia sugerida pelo utilizador Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close