Gastronomia

Receitas da Io: Strudel

Esta semana proponho um doce muito conhecido mas um pouco laborioso. Diz-se que se fizer um bom «soufflé», passou na prova de licenciatura para uma boa doceira; o «strudel» também não é para menos!!! É tudo uma questão de prática e o importante é

Versão para impressão
Esta semana proponho um doce muito conhecido mas um pouco laborioso. Diz-se que se fizer um bom «soufflé», passou na prova de licenciatura para uma boa doceira; o «strudel» também não é para menos!!! É tudo uma questão de prática e o importante é não desistir! É mais um daqueles desafios que vale a pena experimentar!

Para 8/10 pessoas

Image and video hosting by TinyPic
Para a massa:

-300 de farinha
-100g de manteiga derretida
-1 pitada de sal
-1dl de água morna
-4 colheres de sopa de azeite



Para o recheio:

-1kg de maçãs
-70g de manteiga
-50g de pão ralado
-100g de açúcar
-50g de passas
-50g de pinhões ou amêndoas em palitos
-casca ralada de 1 limão
-1 pitada de canela

Dispor em cratera a farinha em cima da mesa de trabalho. Colocar no centro o azeite e a água morna salgada. Primeiro com um garfo e depois com as mãos, juntar toda a farinha. Trabalhar a massa entre 15 a 20 minutos, até ficar completamente lisa, homogénea e elástica. Este processo é muito importante para obter um bom resultado final! Dar à massa um formato de bola.

Pincelar um prato com azeite e colocar a massa. Pincelar também a massa e cobrir com uma tigela de vidro passada por água quente e enxuta.  Com um pano cobrir a tigela. Deixar descansar durante pelo menos 30 minutos. A temperatura de descanso deverá ser de 25ºc. Na tradição tirolesa, esta massa fica a descansar em azeite durante a noite toda. 

Enquanto a massa descansa preparamos o recheio. Descascar as maçãs. Cortá-las aos pedaços não muito grandes. Salteá-las em manteiga e açúcar. Não devem ficar desfeitas. Passar as maçãs para um prato grande para arrefecerem. Juntar o pão ralado, as passas amolecidas, os pinhões, a casca ralada de limão e a canela. Misturar delicadamente.

Colocar um pano de cozinha em cima da mesa, de preferência aos quadrados para permitir ver a transparência da massa e ao mesmo tempo poder cortar certo. Polvilhar com farinha a parte de cima da massa. Virá-la ao contrário e colocá-la em cima de um pano. Com o papel de cozinha tirar o excesso de azeite.

Com paciência, delicadeza e perícia, começar a puxá-la com a ponta dos dedos e com as costas das mãos, do centro para as bordas. Quando se virem bem os quadrados do pano, está pronta! Deixar secar, mas não totalmente. Com uma faca, retirar o cordão que ficou na extremidade.

Pincelar a massa com manteiga derretida. Recortar um rectângulo com 40cm de largura e o dobro do comprimento. Colocar em cima desta massa que sobrou. Distribuir o recheio pela parte inferior da massa, tendo o cuidado de deixar os bordos sem nada para poder virá-los em cima do recheio.

Com a ajuda do próprio pano, enrolar o strudel. Com jeito, deixar deslizar em cima da placa do forno untada com manteiga. Pincelar o strudel com manteiga. Cozer em forno pré-aquecido a 200º durante 15 minutos. A massa deve ficar loira e estaladiça.

O ideal é servir o strudel ainda quente, polvilhado com açúcar baunilhado. Pode acompanhar com umas colheradas de zabaione ou chantilly.

“A cozinha é uma arte que só atinge a perfeição quando protege a saúde” [Io Appolloni]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close