Gastronomia

Receita da Io: Omhali

Foi por causa da Maximina de um restaurante no Bairro Alto que conheci este doce de origem marroquina. Quando eu e a minha filha Rossana saíamos do teatro, acabávamos a noite no Bairro Alto a comer "Omhali". Ou muito me engano ou devo ser a única pes
Versão para impressão
Foi por causa da Maximina de um restaurante no Bairro Alto que conheci
este doce de origem marroquina. Quando eu e a minha filha Rossana
saíamos do teatro, acabávamos a noite no Bairro Alto a comer “Omhali”.
Ou muito me engano ou devo ser a única pessoa em Portugal a fazer esta
sobremesa.

Tradicionalmente é comida quente, portanto deve ser aquecido antes de
ser servido. No entanto posso garantir que frio também é óptimo!

Image and video hosting by TinyPicPara 15 pessoas:

Para a massa:

– 250g de farinha
– 1dl de água morna com sal

Para o recheio:

– 360g de amêndoas laminadas, nozes, pinhões e avelãs picadas
– 240g de passas sem grainhas
– 300g de açúcar
– 1lt de natas
– 4dl de leite
– 2 colheres de café de canela

Misturar a farinha com a água e o sal em cima da mesa de trabalho. A massa terá de ser trabalhada durante uns 15 minutos até ficar lisa, sedosa e fofa. Tapá-la com uma tigela aquecida em água quente e com um pano por cima. Deixá-la descansar 30 minutos.

Colocar uma toalha em cima de uma mesa. Polvilhar com farinha.

Polvilhar a massa com um véu de farinha e começar a estendê-la com calma e jeitinho; com a ponta dos dedos ir puxando até ficar transparente. Deixar secar completamente.

Retirar a massa aos pedaços e ir pondo num tabuleiro de ir ao forno. Levá-la a cozer a 180º durante 10 minutos para ficar loura.

Cobrir o fundo de um tacho de barro redondo ou rectangular com pedaços de massa.

Entretanto, as passas já foram demolhadas e espremidas, juntando-se aos outros frutos secos. Cobrir a primeira camada de massa com estes frutos; pôr outra camada de massa e mais frutos secos; mais massa e o resto dos frutos.

Regar tudo com as natas, o leite e o açúcar a ferver. Polvilhar com canela e pôr no forno pré-aquecido a 175º durante 15 minutos.

Servir em tigelinhas de barro individuais. Se ficar um pouco seco, pode juntar mais um pouco de leite quente.

“A cozinha é uma arte que só atinge a perfeição quando protege a saúde” [Io Appolloni]

Consulte o site da Appolloni Doçaria Artesanal em http://www.appolloni.pt

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close