Saúde

Proteína trava multiplicação do HIV no corpo

NULL
Versão para impressão
Um grupo de pesquisadores da Universidade de Manchester, em Inglaterra, e do Instituto de Pesquisas Médicas dos EUA fizeram uma descoberta que poderá impedir a multiplicação do vírus do HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) no organismo e ajudar na criação de medicamentos para tratar os pacientes infetados.
 
Os cientistas envolvidos na investigação identificaram o modo pelo qual uma proteína do corpo humano, denominada SAMHD1, consegue fazer com que o vírus pare de se espalhar. Embora a proteína já fosse conhecida após ter sido identificada por especialistas norte-americanos e franceses, não se sabia qual o processo biológico que permitia impedir a disseminação.
 
De acordo com Michelle Webb, coordenadora do estudo agora publicado na revista Nature, o mistério está agora desvendado: “a proteína SAMHD1 consegue degradar os desoxinucleotídios do vírus”, ou seja, os elementos responsáveis pela multiplicação do DNA do HIV nas células mielóides, um tipo de glóbulos brancos.
 
A importância da descoberta está essencialmente relacionada com a possibilidade que assim se abre de conceber remédios capazes de imitar o trabalho da proteína humana, pondo um ponto final na multiplicação do HIV nas células imunológicas.
 
Webb acrescenta que parar “a multiplicação do vírus” equivalerá a “impedir que o HIV alastre a outras células e, consequentemente, parar o progresso da infeção”, evitando que atinja outras partes do sistema imunológico do paciente.
 
Os investigadores pretendem agora aprofundar os conhecimentos sobre o funcionamento desta proteína com vista à criação de bases para novas abordagens terapêuticas ao HIV e até mesmo para o desenvolvimento futuro de vacinas.

Clique AQUI para aceder ao estudo publicado na Nature (em inglês)

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close