Sociedade

Projeto português ajuda jovens a fazer “ano sabático”

Um jovem português criou um projeto que ajuda os alunos finalistas do secundário a realizar um ano sabático, antes de entrarem para a universidade. Com a ajuda deste programa, os jovens podem fazer viagens por todo o mundo, a baixo custo.
Versão para impressão
Um jovem português desenvolveu um projeto que ajuda os alunos finalistas do secundário a realizar um ano sabático, antes de entrarem para a universidade. Gonçalo Silva criou um programa que ajuda estudantes a fazer uma viagem por todo o mundo, a baixo custo, o que lhe valeu o prémio europeu Carlos Magno de 2013.

Sabendo da importância da realização de um “gap year” para a valorização da experiência pessoal e profissional dos jovens europeus, o estudante do Instituto Superior de Economia e Gestão resolveu criar uma associação que apoia aqueles que pretendem conhecer novas culturas e que têm dificuldades em cumprir esse sonho.

Gonçalo Silva explicou à agência Lusa que a Associação Gap Year Portugal pretende “promover a paragem da vida quotidiana e apoiar os jovens que decidem fazer uma viagem”. O projeto foi escolhido para representar Portugal no concurso Prémio Europeu Carlos Magno para a Juventude 2013.

A ideia do jovem português surgiu quando frequentava o 12º ano, época em que realizou uma viagem por 25 países, antes de entrar na universidade. Esta experiência trouxe “inúmeras” vantagens a Gonçalo Silva e aos seus colegas que suspenderam os estudos e foram conhecer ambientes diferentes daqueles que estavam habituados.

 
Por reconhecer que este projeto é, “para a maioria dos jovens” uma viagem quase “impossível de realizar”, Gonçalo Silva idealizou um programa bem organizado que permitisse aos estudantes finalistas do secundário “conhecer muitas culturas com pouco dinheiro”.
 
A associação conta com o apoio de uma rede de portugueses que vivem no estrangeiro e que estão dispostos a ajudar os jovens que pretendem ingressar neste projeto, cedendo as suas casas e oferecendo-se para mostrar as cidades onde vivem.
 
O Prémio Europeu Carlos Magno para a Juventude é atribuído todos os anos pelo Parlamento Europeu e pela Fundação do Prémio Internacional Carlos Magno, em Aachen, com o objetivo de incentivar os jovens para o desenvolvimento de projetos de integração europeia.

Clique AQUI para aceder à página oficial da Gap Year Portugal e conhecer mais sobre este projeto.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close