Negócios e Empreendorismo

Produto português lava veículos sem água

É ecológico, económico e versátil, uma vez que, além dos automóveis, pode ser aplicado em várias superfícies. O V8 é um produto nacional que já chamou a atenção da Marinha de Guerra e da Autoeuropa. Foi desenvolvido por uma empresa familiar e está a
Versão para impressão
É ecológico, económico e versátil, uma vez que, além dos automóveis, pode ser aplicado em várias superfícies. O V8 é um produto nacional que já chamou a atenção da Marinha de Guerra e da Autoeuropa. Foi desenvolvido por uma empresa familiar e está a conquistar mercado “lá fora”.

por Patrícia Maia

A empresa Isodet foi criada há cerca de 14 anos por Jorge Governo Antunes e pelo seu pai, ambos com formação na área da química. Mais tarde juntaram-se à Isodet a mãe e a irmã de Jorge Antunes, também com formação na mesma área.

Neste momento, a empresa tem no mercado cerca de 100 produtos, mas aquele que mais tem dado que falar é, sem dúvida, o V8 Waterless. Este produto foi criado para fazer a lavagem a seco de veículos automóveis mas a sua “aplicação pode ser ampliada a outras situações, como na limpeza de embarcações ou até de capacetes e casacos de cabedal”, explica ao Boas Notícias, Jorge Governo Antunes. “Na realidade, a amplitude de aplicações ainda está a ser explorada”, acrescenta.

A Marinha de Guerra portuguesa é, talvez, um dos clientes mais inesperados deste produto: “A Marinha de Guerra usa o V8 para limpeza dos navios, aplicando-o tanto nos vidros, como nos cascos e até na casa das máquinas porque, além de ser prático, não polui e garante, no caso dos vidros, uma visibilidade excelente, evitando superfícies embaciadas”.

Poupar 165 litros de água por lavagem

A poupança que oferece ao utilizador – uma embalagem de 12 euros dá, em média, para cinco lavagens automóveis – é uma das características que tem garantido o sucesso do produto. No entanto, a vantagem mais importante será a ambiental: de cada vez que se lava o carro, o V8 garante uma poupança de 165 litros de água.

Vendido no mercado doméstico no formato de ‘spray’ em pistola, este produto “consiste numa cera especial que remove a sujidade e puxa o lustro bastando, após a aplicação, passar dois panos de microfibra. Ao mesmo tempo, o V8 cria uma espécie de escudo que limita a incidência de raios ultravioleta e infravermelhos melhorando a aparência da pintura e dos plásticos e borrachas”, diz o responsável.

Este brilho que confere às pinturas faz com que o V8 seja “especialmente procurado por proprietários de veículos antigos”. Aliás, quando a Força Aérea “inaugurou o Museu do Ar, em Sintra, alguns dos aviões da coleção foram tratados com o V8”. E também “os carros da presidência, no Museu dos Transportes e Comunicações, na Alfândega do Porto, foram lavados e polidos com o produto da Isodet”.

Produto presente em 10 países

A eficácia e a versatilidade do V8 têm vindo a permitir que o produto conquiste cada vez mais clientes lá fora. Neste momento, o V8 está presente em cerca de 10 países da Europa, África do Norte e América Latina e “estão a ser ultimados os contactos com o Dubai”, conta Jorge Antunes que é o responsável pelo desenvolvimento de produtos da Isodet.

Além disso, está também a ser negociada uma parceria com a Autoeuropa para que se crie, na fábrica da Volkswagen, em Palmela, “uma estacão de serviço ecológica para lavagem dos carros dos funcionários e dos carros que são usados em eventos”. A parceria poderá ainda ir mais longe, já que está a ser discutida, também, “a possibilidade de incorporar o V8 na linha de montagem para substituir alguns produtos usados nos acabamentos”.
 
V8 já ajudou portugueses a criar próprio emprego

Um dos maiores “orgulhos” de Jorge Antunes, relativamente ao V8, é o facto deste produto estar a ser usado por algumas “pessoas que estavam desempregadas para criarem o seu próprio emprego”.


Veículos do Museu dos Transportes e Comunicações, na Alfândega do Porto, foram tratados com V8, por ocasião da visita de Cavaco Silva à coleção, em Maio do ano passado

“São pessoas que criam microempresas de lavagem de veículos que, por exemplo, seguem as provas automobilistas onde prestam esse serviço. Como este produto não exige licenças especiais nem a autorização para escoamento de águas de escorrência, é muito fácil montar um pequeno negócio”, sublinha.

O V8 é produzido pela Isodet, no Seixal, com matérias-primas nacionais (sendo que apenas um ingrediente é importado do estrangeiro). Em termos de comercialização, o produto ainda não está nas grandes superfícies já que a aposta da empresa tem sido mais ao nível da venda para profissionais – uma situação que a Isodet pretende alterar em breve, apostando no mercado doméstico. Contudo, o V8 pode ser encomendado por email ou telefone e remetido ao cliente por correio.

Mesmo assim, e apesar da crise, esta empresa familiar está a faturar 250 mil euros ao ano: prova de que profissionalismo e dedicação são elementos fundamentais para criar um produto de excelência (e amigo do ambiente) que tem vindo a impor-se no mercado, tanto cá dentro como lá fora.
 
Clique AQUI para saber mais sobre o V8 Waterless.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close