Inovação e Tecnologia

Produção barata de hidrogénio mais perto da realidade

Investigadores norte-americanos deram um novo passo que imita o processo da natureza e que pode facilitar a produção de hidrogénio.
Versão para impressão
O hidrogénio é apontado como um dos combustíveis mais amigos do ambiente, no entanto, o dispendioso método de produção afasta a aposta nesta alternativa. Agora, investigadores norte-americanos deram um novo passo que imita o processo da natureza e pode facilitar a produção deste elemento.
 
A equipa, liderada por Annabella Selloni, professora de Química da Universidade de Princeton, inspirou-se numa bactéria da natureza que é capaz de produzir hidrogénio a partir da água recorrendo a umas enzimas conhecidas como ‘di-iron hydrogenases’. 
 
A equipa de Selloni recorreu a modelos computacionais para perceber como podem incorporar as capacidades destas enzimas no desenvolvimento de novos catalisadores sintéticos que poderão ser usados para produzir hidrogénio a partir da água.
 
No mais recente estudo da equipa, publicado no jornal Proceedings of the National Academy of Sciences, Annabella Selloni e os co-autores apresentaram uma solução para um dos principais problemas que esta indústria enfrenta: o facto dos catalisadores artificiais serem susceptíveis de contaminação ao entrarem em contacto com o oxigénio libertado durante a reação. 
 
Ao alterarem os catalisadores para tentarem estabilizar a estrutura da água, os investigadores descobriram que acabaram por desenvolver um novo catalisador que é tolerante ao oxigénio embora mantenha a sua eficácia. Outra vantagem da descoberta é que os novos catalisadores podem ser obtidos a partir de materiais muito baratos, como o ferro.
 
Por enquanto, estes resultados foram apenas conseguidos em modelos computacionais mas a equipa espera, no futuro, conseguir criar o catalisar ideal de modo a que seja possível criar hidrogénio de uma forma segura e barata para utilização em veículos e na corrente elétrica.

Clique AQUI para ler o comunicado da Universidade de Princeton (em inglês).

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close