i9magazine

PRIO apresenta a sua aposta na sustentabilidade das cidades

Versão para impressão

 

A PRIO marcou presença no seminário “Cidades sustentáveis: a transformação urbana em 10 passos”, organizado pela  BCSD Portugal. Neste encontro, que teve lugar no auditório da Vieira de Almeida, a PRIO abordou a sua estratégia de sustentabilidade energética, destacando o projeto de instalação de painéis solares, a ambição de se tornar em 2020 o maior coletor de Óleos Alimentares Usados e as novas soluções de mobilidade urbana.

Anabela Antunes, Diretora de Fábrica da PRIO BIO, abriu o painel dedicado às soluções empresariais para cidades sustentáveis, referindo que “o rápido desenvolvimento das cidades leva a um maior investimento nas infraestruturas, trazendo desafios cada vez maiores para encontrar soluções que tornem os grandes aglomerados urbanos mais sustentáveis”.

É com base nessa premissa que, desde a sua génese, a PRIO procura soluções energéticas mais sustentáveis. Um dos exemplos apresentados por Anabela Antunes foi a instalação de painéis solares em 21 postos PRIO o que evitou a emissão de 296 toneladas de CO2, permitindo ainda a redução de 36% na fatura da eletricidade.

Este projeto está inserido num plano de atuação ambicioso para otimizar os consumos de energia dos postos de abastecimento e edifícios centrais e aproveitar a radiação solar para produzir parte da energia que necessitam estes equipamentos. Paralelamente, a PRIO está a desenvolver o conceito do “Posto do Futuro”, um projeto que visa a criação de postos com forte componente elétrica, mais sustentáveis e organicamente integrados nas cidades do futuro.

Por último, Anabela Antunes abordou um dos maiores investimentos da empresa na área de sustentabilidade, a PRIO TOP LEVEL – um projeto fruto de uma joint venture entre a Hardlevel, empresa especialista na recolha e reciclagem de Óleos Alimentares Usados e a PRIO BIO, o 3º maior produtor de biodiesel a partir de Óleos Alimentares Usados da Europa.

A PRIO é uma das empresas associadas da BCSD Portugal participando em dois grupos de trabalho: “Cidades Sustentáveis” e “Economia Circular e Simbioses Industriais”. Este último grupo, pretende avaliar o potencial impacto ambiental, social e económico da gestão de resíduos, identificando um conjunto de recomendações e oportunidades de atuação no âmbito de políticas públicas de apoio à transição para a economia circular, tendo publicado recentemente um estudo sobre esta temática, intitulado “Sinergias Circulares: Desafios para Portugal”.

O conteúdo PRIO apresenta a sua aposta na sustentabilidade das cidades aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close