Inovação e Tecnologia

Primeiros robôs inteligentes vão ser portugueses

"Robvigil" é o nome dado ao projeto pioneiro em Portugal que pretende construir os primeiros robôs vigilantes com inteligência artificial. Será concluído em 2012 com um custo aproximado de 1,2 milhões de euros.

Versão para impressão
“Robvigil” é o nome dado ao projeto pioneiro em Portugal que pretende construir os primeiros robôs vigilantes com inteligência artificial. Será concluído em 2012 com um custo aproximado de 1,2 milhões de euros.

A utilização deste novo tipo de robôs está a ser pensada para a utilização na àrea da vigilância com o objetivo minorar os perigos inerentes a esta atividade. Pretende-se, assim, que sejam extensões dos operadores humanos no terreno, com capacidade para fazer rondas, reconhecer e seguir intrusos.

 O projeto arrancou em fevereiro e resulta de uma parceria entre empresas portuguesas. Integram este consórcio o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto, a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e as empresas Clever House – Sistemas Inteligentes, bem como a Strong Segurança e a Sinepower Consultoria.

 “Estes robôs vigilantes deverão também conseguir detetar gases, incêndios e comunicar através de tele e videoconferência, quer com outros robôs quer com humanos”, segundo comunicado do INESC Porto, citado pelo jornal Oje.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close