Sociedade

Poupança: Lisboa corta nas iluminações de Natal

NULL
Versão para impressão
Este ano, o Natal lisboeta vai ser menos luminoso, tudo por uma questão de poupança. Devido aos constrangimentos orçamentais, a Câmara Municipal de Lisboa (CML) vai optar por colocar luzes de Natal apenas nas ruas mais importantes da capital.

O vereador José Sá Fernandes avançou ao Diário Económico que a CML “não vai abrir qualquer concurso para as iluminações de Natal” por culpa dos custos elevadíssimos que a decoração tradicional da época natalícia comporta para a autarquia e que não podem ser suportados em tempo de crise.

Sá Fernandes adiantou que, em compensação, a Câmara está a preparar “alguns episódios, que envolvem artistas” para celebrar o Natal, assunto que está a ser tratado pessoalmente pelo presidente António Costa.

Entretanto, o presidente da Associação de Dinamização da Baixa Pombalina disse também ao jornal Correio da Manhã que, de facto, “não vai haver luzes com a dimensão de anos anteriores nas principais ruas” da zona histórica.

No entanto, Manuel Lopes deixou saber que “a Câmara está a estudar a colocação de iluminação em alguns pontos mais simbólicos como o arco da Rua Augusta ou o Rossio”.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close