Ambiente Em Destaque

Portugueses cada vez mais convencidos pelos veículos elétricos e híbridos

Carros com motorização a diesel e gasolina são considerados em Portugal como “sinónimo de poluição”
Versão para impressão
por redação

Nas últimas semanas, os governos francês e britânico anunciaram o fim da venda de veículos a diesel e a gasolina até 2040. Estão os portugueses preparados para uma mudança semelhante? De acordo com o Observador Cetelem Automóvel 2017, os portugueses têm uma opinião positiva em relação às viaturas elétricas e híbridas, atribuindo respetivamente 7,1 e 7,4 a este tipo de motorizados, numa escala de 0 a 10.

As questões ambientais preocupam cada vez mais os europeus. Os consumidores portugueses têm, em média, uma perceção negativa em relação às tradicionais motorizações a diesel e a gasolina. Os números do Observador Cetelem Automóvel 2017 indicam que para 84% dos portugueses os automóveis a diesel e gasolina são sinónimo de poluição, face aos 70% de consumidores dos restantes países europeus com a mesma opinião.

Ainda assim, os dados publicados pelo Observador Cetelem Automóvel 2017 referem que apenas 7% dos portugueses considera o nível de poluição e impacto ambiental um critério importante no momento da compra de um veículo, sendo, por este motivo, necessário encontrar formas que minimizem esta disparidade entre as viaturas que os portugueses admiram e as que compram.

“Neste momento, observamos que a preocupação ambiental ainda não é tão relevante para os portugueses como o preço ou o consumo de combustível na hora de comprar um veículo. No entanto, a associação entre viaturas e poluição, acompanhada por uma opinião bastante favorável sobre carros amigos do ambiente, são indicadores de que se está a desenvolver uma consciencialização ambiental em linha com as tendências atuais e futuras do setor automóvel”, conclui Pedro Ferreira, diretor da área automóvel do Cetelem.

As análises e previsões do Observador Cetelem foram realizadas em colaboração com as empresas de estudos e consultoria BIPE/ TNS Sofres. Os inquéritos quantitativos aos consumidores foram realizados em quinze países – África do Sul, Alemanha, Bélgica, Brasil, China, Espanha, Estados Unidos da América, França, Itália, Japão, México, Polónia, Portugal, Reino Unido e Turquia. No total, foram inquiridos, em 2016, mais de 8 500 proprietários de automóveis.

 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close