Inovação e Tecnologia

Portugueses ajudam a criar telescópio espacial

Várias instituições portuguesas vão participar no desenvolvimento do telescópio espacial Euclides. O objeto pretende suportar a primeira missão espacial em busca da matéria negra e da energia negra do universo.
Versão para impressão
Várias instituições portuguesas vão participar no desenvolvimento do telescópio espacial Euclides. O objeto pretende suportar a primeira missão espacial em busca da matéria negra e da energia negra do universo. A European Space Agency (ESA) aponta o lançamento do telescópio para 2020.

De acordo com a agência AFP, o projeto resulta do investimento de, aproximadamente, 800 milhões de euros e obteve aprovação da ESA esta quarta-feira, 20 de Junho. O telescópio terá um diâmetro de 1,2 metros e contará com câmaras especiais que funcionarão como mapas do universo.

Uma das novidades do satélite é a possibilidade de reconstrução, em 3D, de mais de dois mil milhões de galáxias. Este processo abrirá caminho para a análise de matéria negra. Rene Laureijs, cientista do projeto, mostra-se entusiasmado face às inovações: “Estamos um passo mais perto de descobrir os segredos mais negros do universo”.

Energia negra é o termo aplicado ao aceleramento da expansão do universo, ao passo que matéria negra é aquilo mantém o universo coeso. O grupo de cientistas do qual fazem parte alguns portugueses quer, agora, descobrir porque está o universo a expandir-se tão rapidamente, quando se esperava exatamente o contrário.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close