Ciência

Português ajuda a descobrir 50 novos exoplanetas

NULL
Versão para impressão
Uma equipa internacional de astrónomos, entre eles o português Nuno Cardoso Santos, anunciou esta terça-feira a descoberta de 50 novos exoplanetas, ou seja, planetas que orbitam fora do nosso sistema solar.

A equipa revelou a sua descoberta na Extreme Solar Systems II, uma conferência internacional, nos Estados Unidos, que reúne cerca de 350 peritos em exoplanetas, incluindo o português.
 
Os cientistas utilizaram, na sua pesquisa, o espetrógrafo HARPS (High Accuracy Radial Velocity Planetary Search), um equipamento responsável pela deteção de cerca de dois terços de todos os planetas com massa inferior à de Neptuno.

“Estamos num bom caminho”

Nuno Image and video hosting by TinyPicCardoso Santos (na foto) disse há Lusa que “estas descobertas mostram que estamos no bom caminho. O HARPS já superou todas as expectativas e é o instrumento com mais deteções de super terras. Isto promete um futuro risonho e cheio de sucesso para o seu sucessor, o Espresso (Echelle SPectrograph for Rocky Exoplanet and Stable Spectroscopic Observations)”.

Entre os exoplanetas descobertos encontram-se 16 novas super-Terras, uma das quais na zona de habitabilidade da sua estrela.

Ao analisar a amostra de todas as 376 estrelas do tipo solar observadas pelo HARPS, a equipa calculou que cerca de 40% das estrelas do tipo solar terão pelo menos um planeta com massa entre três e 100 vezes a massa da Terra, e que a maioria dos planetas com massas semelhantes ou menores que Neptuno estarão em sistemas com múltiplos planetas.

Um cientista português

Nuno Cardoso Santos é investigador no Departamento de Física e Astronomia da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

Com várias obras publicadas, o português dedica-se ao estudo de planetas extrassolares e das suas propriedades.

Para além disso, o cientista estuda as formações estelares de pequena massa (no infravermelho próximo), a multiplicidade de estrelas jovens, e as propriedades químicas de regiões de formação estelar.

[Notícia sugerida por Teresa Semedo e Teresa Teixeira]  

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close