Ambiente

Portugal volta a apagar as luzes na Hora do Planeta

No próximo dia 29 de Março, 45 cidades portuguesas vão apagar as luzes durante aquela que é a 'Hora do Planeta'. A iniciativa tem por objetivo a defesa da natureza, pelo que, em cada localidade aderente, serão desligados, simbolicamente, alguns dos s
Versão para impressão
No próximo dia 29 de Março, 45 cidades portuguesas vão apagar as luzes durante aquela que é a 'Hora do Planeta'. A iniciativa tem por objetivo a defesa da natureza, pelo que, em cada localidade aderente, serão desligados, simbolicamente, alguns dos seus monumentos mais emblemáticos. 
 
Entre as cidades participantes estão Lisboa, Oeiras, Aveiro, Coimbra, Tomar e Portalegre que, juntas, vão apagar as luzes entre as 20h30 e as 21h30 do último sábado do mês de Março. Todos os anos, a ação tem vindo a ser adotada por centenas de cidades dos quatro cantos do mundo, com Portugal a integrar a causa, pela primeira vez, em 2009. 
 
Em 2014, o último sábado de Março calha a dia 29, com a 'Hora do Planeta' a incluir, ainda, uma aula de Yoga para todos aqueles que quiserem juntar-se à iniciativa. As mega aulas são o resultado de uma parceria com a Federação Portuguesa de Yoga, decorrendo em locais emblemáticos das cidades.
 
Conduzidas por professores da modalidade, as 'Aulas de Yoga pelo Planeta' têm um custo de entre 4 a 7 euros por participante, com o valor angariado a reverter totalmente a favor dos projetos da World Wide Fund. 
 
O ano passado, a ação de sensibilização para a necessidade de cuidar da Terra e adotar comportamentos sustentáveis contou com um total de 90 cidades lusas aderentes, ou seja, um terço dos municípios. Este ano, Ângela Morgado, da entidade internacional de defesa do ambiente, acredita que a iniciativa vai poder voltar a contar com igual número de participantes até porque, “por norma, recebemos muitas adesões nas duas últimas semanas”. 
 
Entre os momumentos que estarão “às escuras” a 29 de Março encontram-se a Ponte 25 de Abril, o Santuário do Cristo Rei, o Mosteiro dos Jerónimos, a Torre de Belém, em Lisboa, os palácios da Pena, Monserrate e Castelo dos Mouros, em Sintra, o Palácio do Infantado, em Samora Correia, e o Santuário de Nossa Senhora da Nazaré.
 
Além destes, também algumas empresas aderem à Hora do Planeta, como, por exemplo, o centro comercial Amoreiras, em Lisboa, que anunciou hoje que irá apagar as luzes da fachada exterior do edifício.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close