Gastronomia

Portugal é região vinícola “mais excitante do planeta”

Portugal - em particular, o Douro - é a região vinícola "mais excitante do planeta". É esta a crença de Matt Kramer, crítico de vinhos norte-americano da prestigiada revista Wine Spectator, que decidiu mudar-se, na companhia da mulher, para o Porto.
Versão para impressão
Portugal – em particular, o Douro – é a região vinícola “mais excitante do planeta”. É esta a crença de Matt Kramer, crítico de vinhos norte-americano da prestigiada revista Wine Spectator, que decidiu mudar-se, na companhia da mulher, para a cidade do Porto, que de imediato se tornou o seu “lar” em território português.
 
Depois de ter vivido em locais tão díspares como Buenos Aires, Melbourne ou Veneza, Kramer e a esposa, Karen, que já tinham passado por vários países da Europa mas nunca se tinham interessado por Portugal por acharem ser possível, no passado, “saborear nos vinhos [à exceção do Vinho do Porto] a falta de ambição”, acabaram, recentemente, por se apaixonar pelo país e, em especial, pelo Douro vinhateiro.
 
À medida que foi provando as novas produções vínicolas portuguesas, o norte-americano mudou de perspetiva. “Algo parecia estar a transformar-se ou, pelo menos, assim o sugeriam os vinhos. Portanto, no ano passado, visitámos Portugal duas vezes. Amei o que vimos, quem conhecemos, o que comemos e, acima de tudo, o que saboreei”, conta numa crónica publicada esta terça-feira na Wine Spectator.
 
No decurso de uma análise mais profunda aos vinhos portugueses, “o que, inicialmente, parecia promissor – e muito agradável – veio a revelar-se nada mais, nada menos do que revolucionário”, partilha Kramer, que não hesitou em propor à mulher ir viver alguns meses para a cidade Invicta.
 
“Cheguei àquilo que, confesso abertamente, é uma conclusão emocional: Portugal é – discutivelmente – a região vínica mais excitante do planeta neste momento”. E porquê apenas discutivelmente? Porque este é somente um sentimento, o sentimento genuíno “de um amante do vinho”. No entanto, “isso é tudo o que importa”, defende o especialista. 
 
No artigo publicado na prestigiada revista norte-americana, Kramer realça que, “da mesma forma que todos temos de conhecer o Grand Canyon antes de morrer, o mesmo se aplica – pelo menos, para os apaixonados pelo vinho – à região vinhateira do Douro”, descrita pelo crítico como “alucinante” e impossível de ser comparada com qualquer outra.
 
Além disso, elogia, é uma região em mudança, já que não se limita apenas à produção do vinho do Porto – ainda assim, o “rei” das vinhas durienses e que “dificilmente desaparecerá”. “Nos últimos 15 anos, cerca de metade da produção da região do Douro tornou-se de vinho de mesa”, nota o cronista.
 
“É verdadeiramente incrível. Não conheço nenhuma outra zona vinícola significativa em termos históricos que se tenha transformado a este nível”, acrescenta Kramer, considerando os novos vinhos portugueses “impressionantes e de classe mundial em termos de originalidade, sabor, caráter, profundidade e elegância”. 
 
No entanto, e embora o Douro seja “muito interessante”, o crítico vinícola faz questão de vincar que esta não é a verdadeira razão pela qual escolheu viver em Portugal: esta prende-se, em vez disso, com as uvas, já que o país “é o lar de um número impressionante de variedades de uva” que criam “vinhos de uma originalidade suprema”. 
 
A juntar-se à qualidade está, claro, o preço. “Portugal oferece, hoje, provavelmente, alguns dos melhores vinhos do mercado em termos de valor”, sublinha Kramer. “As conquistas portuguesas ainda são recentes e a palavra ainda não se espalhou. É por isso que estou aqui”, conclui.
 
Clique AQUI para aceder à crónica de Matt Kramer (em inglês). 

Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close