Mundo

Portugal é o 5.º país mais pacífico do mundo

Apesar dos maus resultados económicos, Portugal está muito longe da cauda da Europa no respeita à segurança. No ranking Global Peace Index de 2016, o nosso país sobe seis posições ocupando, este ano, o 5.º lugar mundial.
Versão para impressão
Apesar dos maus resultados económicos, Portugal está muito longe da cauda da Europa no que respeita à segurança. No ranking Global Peace Index (GPI) de 2016, o nosso país sobe seis posições em relação ao ano anterior ocupando o 5.º lugar mundial.
 
Islândia, Dinamarca, Áustria (três nações repetentes no topo deste ranking), Nova Zelândia e Portugal. Estas são as cinco nações mais pacíficas do mundo, segundo o relatório anual Global Peace Index 2016.

Em 2010, Portugal surgia na 13.ª posição. Desde aí, registou sempre descidas embora, em 2015, tenha conseguido subir para o 11.º do ranking.

Este ano, consequência da “estabilidade política”, segundo o GPI, e provavelmente devido aos casos de terrorismo registados noutros países da Europa, Portugal sobe bem alto, escalando seis posições até ao 5.º lugar no índice.

Europa continua a região mais pacífica
 

Image and video hosting by TinyPic

Mesmo tendo em conta os atentados dos últimos meses, a Europa “continua a ser a zona geográfica mais pacífica do mundo” sendo que, diz o relatório, o “maior progresso europeu foi registado por Portugal”. “Isto reflete um regresso à normalidade do país, depois das sanções financeiras implementadas pela UE e pelo FMI”, lê-se no relatório do GPI. 

“Apesar dos desafios que o atual governo de centro-esquerda enfrenta, Portugal registou uma redução da probabilidade de manifestações violentas, sendo que a escala de terrorismo político também diminuiu ao mesmo tempo que a estabilidade política aumentou”, diz o documento. 
 
Violência em 2015 custou 12 triliões de euros 

No ano que passou, o Global Peace Index analisou 162 países, ou seja, cerca de 99% das nações do mundo, construindo os resultados finais com base na análise de vários indicadores como o número de mortos em conflitos internos ou externos, número de homicídios, número de crimes violentos, investimento em atividades militares, entre outros. 
 
Segundo o índex, o impacto da violência na economia global em 2015 foi de 12 triliões de euros . Este valor representa 13.3% do Produto Interno Mundial ou 1.600 euros por cada cidadão do mundo. 
 
Mortes por terrorismo aumentaram 80%

Apesar dos resultados positivos para Portugal, o relatório afirma que este ano se verificou  o maior aumento global da violência registado nos últimos 25 anos.

Os autores do GPI apontam, sem hesitar, o dedo ao terrorismo e à instabilidade política mundial. Segundo o Índice, as mortes por terrorismo aumentaram, 80 por cento, em relação ao anterior relatórios, com apenas 69 países que podem orgulhar-se de não ter nunca registado um atentado ou incidente deste género.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close