Ciência

Portugal e EUA reforçam cooperação científica

Portugal e EUA vão aumentar a cooperação e o intercâmbio científicos através da assinatura, esta quinta-feira, em Lisboa, de três novos protocolos entre a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e a Comissão Fulbright.
Versão para impressão
Portugal e EUA vão aumentar a cooperação e o intercâmbio científicos através da assinatura, esta quinta-feira, em Lisboa, de três novos protocolos entre a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e a Comissão Fulbright.
 
Os mesmos visam a promoção de um programa de bolsas, a cedência das instalações necessárias para o funcionamento da comissão e do centro de informação Fulbright e ainda a integração do arquivo histórico da comissão no arquivo de ciência e tecnologia FCT.
 
Segundo um dos protocolos assinados, as bolsas vão contar, este ano, com o apoio financeiro da FCT, sendo que os valores, por bolseiro, podem ascender aos 18.500 euros para doutorandos, a 8.800 euros para professores e investigadores doutorados e 9.450 para professores e investigadores norte-americanos convidados.

Além disso, o centro de informação da Comissão Fulbright vai disponibilizar informação sobre o sistema educativo nos EUA, bem como todas as “oportunidades de desenvolvimento académico, profissional e pessoal”. 
 
Em comunicado, as duas entidades avançam que a integração do arquivo histórico da Comissão Fulbright no arquivo de ciência e tecnologia da FCT irá permitir a “preservação, organização, estudo e divulgação de um novo acervo no âmbito da História da Ciência e da Tecnologia em Portugal”, o que, por sua vez, vai possibilitar “o estudo do relacionamento luso-americano na partilha de conhecimento e intercâmbio  académico e cultural”. 
 
Este último projeto vai ainda contar com a participação do Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.
 
A Comissão Fulbright – Comissão Cultural Luso-Americana, nascida a partir do programa de intercâmbio educacional com o mesmo nome, atribui bolsas a estudantes e investigadores portugueses que pretendam continuar estudos de mestrado ou doutoramento ou realizar projetos de investigação nos EUA. 
 
Em Portugal, o programa é administrado por acordo diplomático assinado entre os governos português e norte-americano, que administram e financiam a sua atividade.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close