Saúde

Portugal é dos países onde a asma está mais controlada

NULL
Versão para impressão
57 por cento dos portugueses que sofrem de asma têm a doença controlada. Este é um dos melhores valores do mundo. No entanto, os responsáveis pelo primeiro inquérito nacional sobre a doença querem, nos próximos anos, aumentar este valor para 90%.

Em 2010, foi feito pela primeira vez em Portugal um inquérito nacional a mais de 6.000 pessoas para identificar quem sofria desta doença. Nesse inquérito, foi utilizado o CARAT – Controlo da Asma e Rinite Alérgica, uma ferramenta desenvolvida por mais de 100 médicos portugueses para controlar estas doenças e que estará este sábado em debate no Congresso da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica.

“Pela primeira vez, soubemos a prevalência real da doença e como está o estado do controlo da patologia” em Portugal, disse à agência Lusa João Fonseca, coordenador do projeto e investigador da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Segundo o estudo, havia cerca de 700 mil doentes com asma activa em 2010. Se forem consideradas as pessoas que já tiveram asma durante a vida, esse número sobe para 1,8 milhões de portugueses.

“Foi com alguma surpresa e com muita alegria” que os investigadores observaram que a proporção de asmáticos controlados (57%) é maior do que em muitos países do mundo, adiantou o investigador, apontando como explicação para estes resultados “a forma como a asma tem sido tratada, principalmente ao longo da última década”.

Estes resultados são “motivo de grande orgulho”, mas não são suficientes: “É a questão do copo meio cheio, meio vazio porque nós sabemos que 95 por cento dos asmáticos podiam estar bem controlados”, frisou.

O objetivo para os próximos anos, e que o CARAT pode ajudar a alcançar, é aumentar dos 50 para os 90% o número de asmáticos com a doença controlada, com uma boa qualidade de vida, que não recorrem à urgência e não faltam ao trabalho e à escola.
 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close