Ambiente

Portugal desenvolve primeiro software de ecoeficiência

É apresentado esta semana ao público o EcoPlanner, o primeiro software inteiramente português destinado à análise da ecoeficiência com o objetivo de ajudar as empresas a identificar alternativas com menor impacto ambiental e a reduzir custos.
Versão para impressão
É apresentado esta semana ao público o EcoPlanner, o primeiro software inteiramente português destinado à análise da ecoeficiência com o objetivo de ajudar as empresas a identificar alternativas com menor impacto ambiental e que reduzam custos de produção. O protótipo já foi instalado e os testes arrancam a 6 de Junho.
 
Esta ferramenta inovadora, desenvolvida pela empresa Ecoinside em parceria com o laboratório INESC Tecnologia e Ciência, é capaz de analisar, de forma integrada, parâmetros como o consumo de água e de energia, as emissões de gases poluentes e de resíduos e outros desperdícios. 
 
Trata-se de um software que pode ser utilizado em qualquer browser de Internet e que, segundo afirma José Correia, investigador do INESC TEC, em comunicado enviado ao Boas Notícias, “pode auxiliar as empresas a encontrar processos de produção alternativos, com um menor custo associado, mas também com uma menor pegada ambiental”. 
 
De acordo com Joaquim Guedes, diretor executivo da Ecoinside, promotora do projeto, o Ecoplanner permite também “gerir em tempo real KPI's [indicadores-chave de desempenho] de negócios e diminuir tempos de resposta às entidades reguladoras”.
 
“Sendo uma verdadeira ferramenta de apoio à decisão, esta foi pensada para dotar as empresas da capacidade de estar constantemente a pensar e a promover o aumento contínuo da sua ecoeficiência”, acrescenta o responsável.

Ferramenta vai começar a ser testada em Junho
 

O piloto desta nova plataforma online vai começar a ser testado já a 6 de Junho pela SORGAL, uma das maiores empresas portuguesas de produção de rações de animais. 
 
Para João Pedro Azevedo, administrador da companhia, “a cumprirem-se as expetativas, [o software] pode ter impacto em questões tão diversas como o planeamento de produção, a conceção técnica dos produtos, a análise produto-cliente e o custeio baseado em atividade”.
 
O Ecoplanner vai ser apresentado publicamente na próxima sexta-feira, 31 de Maio, pelas 14.30h, no auditório do INESC Porto. O software insere-se num projeto QREN liderado pela Ecoinside e que, além do INESC TEC, contou com a colaboração da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e do BCDS Portugal – Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close