Cultura

Portuense cria guitarras a partir de caixas de charutos

As guitarras 'Santa Cecília' são produzidas, manualmente, pelo artista plástico e cenógrafo Emanuel Santos. A coleção do português, de 33 anos, conta já com oito guitarras que estão em exposição no Porto.
Versão para impressão
As guitarras 'Santa Cecília' são produzidas, manualmente, pelo artista plástico e cenógrafo Emanuel Santos. A coleção do português, de 33 anos, conta já com oito guitarras que estão agora em exposição no espaço CRU – Loja Cowork, no Porto.

A ideia de criar um instrumento musical reutilizando caixas de charutos surgiu quando Emanuel frequentava Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Na altura, o jovem participou numa peça do Teatro Universitário do Porto (TUP) e, após uma pesquisa, encontrou este tipo de guitarras, “instrumentos artesanais que, nos anos 30, se tornaram parte da cultura popular americana”.

“Pareceu-me fazer todo o sentido construir uma para o espectáculo. Como sabia tocar um pouco, surgiu a hipótese de atuar ao vivo e construí aí a minha primeira”, conta Emanuel Santos à Lusa.

Os instrumentos são produzidos “a partir de caixas [de charutos] que encontro, que compro nas feiras da ladra, na vandoma e, por vezes, que peço a lojas que vendem tabaco, o que é difícil de conseguir pois o consumo de charutos não é muito elevado em Portugal”, explica o criador. 

O artista só altera as caixas de madeira caso elas estejam danificadas, por isso, é o material que dita “o tamanho e a dimensão do comprimento da corda”, o que depois “difere no tom da guitarra”, explica Emanuel. “Por muito que queira ou tente, não há nenhuma que vá soar igual à anterior ou à seguinte”.  

As guitarras de Emanuel Santos estão integradas na exposição 'Inaugurações Simultâneas', organizada pela CRU – Loja Cowork, no Porto. O artista marcou presença na mostra e deu a conhecer ao público estes instrumentos “particulares”.

“Quero que as pessoas os experimentem e me dêem, eventualmente, sugestões para que os possa reformular e melhorar”, explica Emanuel à Lusa.

 
A coleção de Emanuel conta já com oito guitarras sendo que as maiores têm cerca de 80 cêntimetros de comprimento e as menores 50 cêntimetros.

Clique AQUI para visitar a página do Facebook das guitarras 'Santa Cecília'. 
 
Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close