Desporto

Porto mais 35 cidades na única corrida global do mundo

Após o sucesso da primeira edição do evento, Portugal acolhe a única corrida global do planeta, já no dia 3 de Maio. O Porto foi a cidade escolhida para este evento que tem 36 percursos diferentes, englobando os seis continentes.
Versão para impressão

Após o sucesso da primeira edição do evento, Portugal acolhe a única corrida global do planeta, já no dia 3 de Maio. O Porto foi a cidade escolhida para este evento que tem 36 percursos diferentes, englobando os seis continentes.

A Wings for Life World Run realiza este ano a sua segunda edição, onde se esperam dezenas de milhares de entusiastas. Em Portugal o ponto de partida é a Invita (Jardins do Palácio de Cristal), seguindo o percurso por Matosinhos, Vila Nova de Gaia, Espinho, Murtosa, Ovar e Aveiro. No ano passado, a corrida portuguesa Wings for Life decorreu no Alentejo.

O lema do evento é “Correr por aqueles que não podem”, tentando, com isto,  encurtar a distância para a cura de lesões na espinal-medula. Quem quiser participar para ajudar esta causa, poderá inscrever-se, no site da corrida, até ao dia 26 de Abril (19 de Abril para pagamentos através de multibanco). 

A inscrição tem um custo de 25 euros, valor que reverte na totalidade para a Fundação Wings for Life, com o objectivo de ajudar os mais de 3 milhões de pessoas que sofrem lesões na espinal-medúla.

Para além de contribuirem para esta causa que luta contra este problema universal, os participantes recebem um Kit de Atleta oficial do vento, com diversos materiais para a corrida.

Ao ser um evento global, as condições meteorológicas e a luminosidade serão diferentes dependendo do sítio do globo em que se esteja. Em Portugal, por exemplo, a partida dá-se às 12 horas na cidade do Porto, enquanto que na Califórnia (EUA) será às quatro da madrugada.

Vencedores recebem uma viagem à volta do mundo

A única corrida global do Mundo não apresenta uma distância fixa: em vez da tradicional linha de meta, os participantes vão ser perseguidos por um “carro meta”, que arrancará meia hora depois da partida. Quando um atleta é apanhado pelo “carro meta”, significa que a corrida, para esse participante, chegou ao fim. A corrida chegará ao fim quando só restar um homem e uma mulher na estrada, em todo o mundo.

Os vencedores serão coroados Campeões Globais da Wings for Life World Run e receberão, como prémio, uma viagem à volta do Mundo para duas pessoas.

Aqueles que vençam o torneio a nível nacional, no Porto, poderão escolher a cidade para a qual querem viajar e terão a oportunidade de correr no evento do ano seguinte.

Para saber mais sobre o evento, clique AQUI.

Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close