Cultura

Porto: Autarquia quer criar “rota de arte pública”

A Câmara Municipal do Porto quer traçar uma rota de arte pública que se estenda desde a Avenida dos Aliados até ao rio Douro. O anúncio foi feito esta segunda-feira pelo vereador da Cultura portuense, Paulo Cunha e Silva.
Versão para impressão
A Câmara Municipal do Porto quer traçar uma rota de arte pública que se estenda desde a Avenida dos Aliados até ao rio Douro. O anúncio foi feito esta segunda-feira pelo vereador da Cultura portuense, Paulo Cunha e Silva, que adiantou que a autarquia vai contar com apoios mecenáticos.
 
“[Queremos] dotar a cidade de uma rota de arte pública através de um conjunto de intervenções num espaço que, desejavelmente, se situará entre a Avenida dos Aliados, passará pela Estação de S. Bento, descerá pela Rua das Flores, fará uma pequena paragem no largo de S. Domingos, passará pelo espaço em frente à Alfândega, descerá pela Casa do Infante e acabará no rio”, explicou Paulo Cunha e Silva à agência Lusa.
 
Esta terça-feira arrancou a primeira mostra inserida no âmbito desta rota de arte pública, o trabalho “Kneaded Memory”, de Dalila Gonçalves, no centro dos aliados.  
 
Segundo o vereador da Cultura, o plano da autarquia é contar com o apoio de privados que “queiram ver o seu nome inscrito no solo da própria cidade”. Isto porque, quem ajudar a financiar o projeto, terá direito a uma placa no chão “em que se dirá que o trabalho do autor em causa foi feito graças ao apoio mecenático de determinada empresa”.
 
De acordo com Paulo Cunha e Silva, a Câmara do Porto pretende que seja colocada na Estação de S. Bento, no coração da cidade, “uma obra que de certa forma [convoque] os artistas para outras obras”, ambicionando-se que seja possível que, a partir de um ponto da rota, se veja tanto a peça seguinte como a anterior. 
 
O governante disse ainda que as obras em questão seriam “obras em permanência” e salientou que gostaria de poder assistir à colocação de uma 'árvore' do artista português Alberto Carneiro no Largo de S. Domingos, “um largo sem árvores”. 
 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close