Sociedade

Porto: Anónimo paga propinas a jovem universitário

Um anónimo pagou as propinas anuais a um jovem estudante da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP). Vinícius Ginja foi o único estudante a acreditar num e-mail que oferecia ao primeiro a responder a liquidação do valor.
Versão para impressão
Um anónimo pagou as propinas anuais a um jovem estudante da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP). Centenas de outros universitários receberam, em Setembro, um e-mail de uma pessoa não identificada a oferecer-se para fazer o pagamento, mas Vinícius Ginja foi o único que arriscou responder… e valeu a pena. 
 
A notícia é avançada pelo portal Canal Superior, que conta que o e-mail anónimo que chegou às caixas de correio dos alunos do Mestrado Integrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (MIEEC) da FEUP oferecia a liquidação das propinas deste ano ao primeiro estudante a responder. 
 
Tudo o que precisavam de fazer era indicar, na resposta, a referência Multibanco correspondente às suas contas de alunos. Todos duvidaram da veracidade da mensagem e optaram por não lhe dar resposta, à exceção de Vinícius Ginja, estudante do 5.º ano de MIEEC, que enviou a referência e, 10 minutos depois, tinha os 1.000 euros anuais de propinas saldados. 
 
Em declarações ao Canal Superior, Vinícius explica que o autor da mensagem afirmava ser um antigo estudante do Mestrado Integrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores da FEUP, disposto a realizar um “ato de solidariedade” em benefício de um dos atuais alunos. 
 
“O que é engraçado é que, de toda a gente com quem eu falei, ninguém levou a sério”, afirma acrescentando que enviou os seus dados e “cinco minutos depois, a pessoa respondeu a agradecer a resposta e a dizer que tinha algum receio que os estudantes pensassem que era uma brincadeira. Disse, também, que as propinas iam ser pagas nesse dia”.
 
Nesse momento, Vinícius ainda não tinha acreditado, mas, cerca de 10 minutos depois da troca de e-mails, quando consultou o saldo da sua conta de aluno, constatou que as propinas tinham sido pagadas integralmente. Apesar de o jovem ter tentado marcar um encontro para lhe agradecer pessoalmente, o benfeitor preferiu manter-se anónimo.
 
“Penso que é um homem e quase de certeza um professor da FEUP”, arriscou o estudante. “Como era um antigo aluno do curso, provavelmente até é um professor e muito provavelmente até sabe quem eu sou”, finalizou.
 
Uma vez que é um aluno bolseiro, Vinícius Ginja disse que vai, agora, utilizar o valor da bolsa de estudos para pagar as despesas da sua ida para a Holanda, em Fevereiro de 2015, para realizar um estágio/tese numa empresa.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close