Literatura

Poeta português Nuno Júdice vence prémio Rainha Sofia

O poeta português Nuno Júdice recebeu esta quinta-feira o prémio espanhol Rainha Sofia, como reconhecimento do conjunto de toda a sua obra. O galardão pretende homenagear todos os anos o melhor escritor de poesia do espaço ibero-americano.
Versão para impressão
O poeta português Nuno Júdice recebeu esta quinta-feira o prémio espanhol Rainha Sofia, como reconhecimento do conjunto de toda a sua obra. O galardão pretende homenagear todos os anos o melhor escritor de poesia do espaço ibero-americano.

O escritor algarvio sucede a Ernesto Cardenal, da Nicarágua, que venceu o mesmo prémio em 2012. Até hoje, Sophia de Mello Breyner Andresen tinha sido a única escritora portuguesa a vencer esta distinção do Património Nacional de Espanha, entregue em 2003.

Nuno Júdice vai receber 42.100 euros pela relevância do seu trabalho de três décadas na área da literatura e pelo contributo legado ao património cultural ibero-americano. Com 64 anos de vida, o escritor português é autor de vários livros de poesia, ficção, teatro e ensaios.

“Vai dar projeção à minha obra, mas mais importante que isso, mostra que a poesia portuguesa continua a ter um papel importante neste contexto [ibero-americano]”, explicou à agência Lusa o autor, que confessou estar “contentíssimo” como o galardão.
 
Nuno Júdice admite que foi “uma surpresa quando soube hoje de manhã” que tinha sido o grande vencedor do prémio Rainha Sofia, destacando que é “razoavelmente conhecido” em Espanha e em vários países da América Latina.

O poeta português está a trabalhar num novo livro de poesia, ainda sem título, que “deverá ser editado no final deste ano ou no princípio do próximo”.

“Implosão” é a sua mais recente obra, lançada este ano, uma ficção que conta a história de dois antigos conhecidos de um tempo de ditadura que se voltam a encontrar numa manifestação contra um governo que traiu as promessas feitas ao seu povo. 

Para além do universo hispânico, Nuno Júdice tem livros traduzidos em Itália, Inglaterra e França. O escritor tem ganho vários prémios ao longo da sua vida, sendo de destacar que, em 1994, foi finalista do Prémio Europeu de Literatura.

Notícia sugerida por Diana Rodrigues, Maria da Luz e Maria Manuela Mendes

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close