Ambiente

Pinguim perdido regressa à Antártida

NULL
Versão para impressão
Um pinguim imperador que se perdeu e foi dar à costa de uma praia na Nova Zelândia está de regresso ao seu habitat. O pinguim estava bastante debilitado pois tinha nadado mais de três mil quilómetros e chegou a ingerir areia que confundiu com neve. O animal foi tratado no jardim zoológico de Wellington e já está a caminho da Antártida.

Segundo a AFP, o pinguim foi encontrado em junho, numa praia na Nova Zelândia, ao norte de Wellington, a praia Peka Peka, a 3 mil quilómetros de distância do seu habitat.

O animal foi tratado no jardim zoológico local já que estava bastante debilitado após a “viagem” e pelo facto de ter ingerido cerca de 3 quilos de areia, que tinha confundido com neve.

No jardim zoológico, o pinguin Happy Feet, nome com o qual foi batizado, efetuou uma cirurgia ao estômago para remover a areia que tinha engolido.

Happy Feet embarcou esta segunda-feira no navio “Tangaroa” que pertence ao Instituto Nacional de Investigação da Água e Atmosfera, segundo informação da AFP. Este navio iniciou uma expedição de um mês ao oceano Austral para estudar os stocks de peixe na região.

O Tangaroa leva a bordo uma equipa de veterinários e, de caminho, vai libertar o pinguim-imperador, depois de quatro dias de viagem.

A despedida

Centenas de pessoas foram ao jardim zoológico despedir-se do penguim “mais famoso” da Nova Zelândia. Happy Feet foi muito acarinhado pelos neozelandeses: cerca de 120 mil pessoas acompanharam a sua recuperação online.

O pinguim-imperador levou consigo um dispositivo GPS que possibilita aos investigadores acompanhar os seus movimentos. Assim, qualquer pessoa poderá acompanhá-lo através do site oficial do zoológico de Wellington.

Clique AQUI para seguir Happy Feet.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close