Sociedade

Petição quer acabar com extras na factura da luz

A Associação Portuguesa de Defesa do Consumidor (DECO) lança esta quinta-feira uma petição para acabar com os extras que correspondem a 42% do total da factura da eletricidade.

Versão para impressão
A Associação Portuguesa de Defesa do Consumidor (DECO) lança esta quinta-feira uma petição para acabar com os extras que correspondem a 42% do total da factura da eletricidade.

De acordo com este organismo, apenas 58% da fatura corresponde à energia gasta, os restantes 42% são custos de interesse geral e que pesam cada vez no total da factura.

“Em Espanha já se fez isso e estão a acabar os custos de interesse geral”, explicou à TSF o secretário-geral da DECO, Jorge Morgado, frisando que esta medida é essencial num “momento dramático” para as famílias portuguesas.

Os custos de interesse geral, como “apoios às energias renováveis, rendas para os municípios, rendas dos terrenos das REN e garantias de potência”, representam “milhões de euros pagos pelos consumidores”, explica o mesmo responsável.

A DECO espera assim chamar a atenção da Assembleia da República para que se reavalie estes valores e para que alguns destes custos de interesse geral diminuam, acabem ou sejam reavaliados.

Saiba mais aqui.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close