Em Destaque Lifestyle

Personalidades mundiais falam das características inigualáveis da cortiça

Josep Roca, Philippe Bascaules Carrilho da Graça e Keiji Takeuchi são alguns dos exemplos. Veja os vídeos!
Versão para impressão
 
A APCOR – Associação Portuguesa de Cortiça, acaba de publicar três vídeos com depoimentos inéditos sobre a relação da cortiça com o vinho, a arquitectura e design e a sustentabilidade, onde participam alguns dos melhores e mais reconhecidos profissionais do mundo desde enólogos, produtores de vinho, a arquitetos e designers.

No conjunto, a APCOR já conseguiu reunir mais de 50 testemunhos de personalidades de referência mundial de várias áreas. A relação destes profissionais com uma matéria-prima com características tão singulares, levam a cortiça e as sua aplicações a valores e patamares, que vêm reforçar ainda mais o futuro deste setor.

No vídeo ‘Vinho e Cortiça’, podemos perceber, pelo testemunho de vários enólogos, vitivinicultores, especialistas na área do vinho, as razões que levam grandes caves mundiais a escolher a rolha de cortiça para vedar os seus vinhos.

“Se me perguntar o que é uma garrafa Château Margaux eu respondo-lhe que é uma garrafa de vidro contendo o nosso vinho e vedada com uma rolha de cortiça. Para mim, a rolha de cortiça faz parte do produto Château Margaux” afirma Philippe Bascaules, diretor administrativo da emblemática e lendária propriedade de Château Margaux.

“A cortiça dá (ao vinho), mantém-no com vida e permite-lhe passar a vida dentro de uma garrafa de uma forma muito naturalmente inteligente” afirma Josep Roca. As histórias de tradição e perfeita harmonia entre o vinho e a cortiça não deixam de ser mencionadas por Josep Roca, o sommelier de um dos melhores restaurantes do mundo, o El Celler de Can Roca, em Espanha.

O arquiteto Carrilho da Graça recorda o momento em que juntou bocadinhos de cortiça ao betão do novo terminal de cruzeiros de Lisboa. “Criei betão com adição de cortiça quando fui alertado pelos engenheiros da equipa que estavam no limite absoluto de capacidade de carga das fundações”, relembra o arquiteto.

Já o designer japonês Keiji Takeuchi, que colabora para várias marcas internacionais, decidiu aplicar a cortiça numa peça desenvolvida de raiz, a “Tipsy”. Este é um suporte para uma garrafa de vinho vedada com cortiça, “onde a garrafa e o vinho passam um pelo outro” e que permite a “comemoração entre dois materiais ou elementos”.

De relembrar que o setor da cortiça está a viver um período de grande expansão e de reconhecimento internacional. Esta preferência materializa-se em aumentos médios anuais das exportações na ordem dos 4,5%, durante os últimos 9 anos.

A cortiça, um produto 100% natural, reciclável e reutilizável, pode ser uma excelente aliada e uma simbiose perfeita em várias áreas, permitindo assim desenvolver histórias com tradição.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close