Ambiente

Perdiz dada como extinta foi vista em Trás-os-Montes

Ao fim de longas décadas, a perdiz-cinzenta, espécie julgada extinta, voltou a ser avistada em território português. Luís Henrique Pereira, jornalista da RTP, anunciou ter registado em vídeo e fotografia a ave que não era vista há pelo menos 60 anos.
Versão para impressão
Ao fim de longas décadas, a perdiz-cinzenta, espécie julgada extinta, voltou a ser avistada em território português. Luís Henrique Pereira, jornalista da RTP, anunciou, esta sexta-feira, ter registado em vídeo e fotografia a ave que não era vista em Portugal “no mínimo há 60 anos”, na Serra de Montesinho, no Nordeste de Trás-os-Montes.
 
O jornalista disse à Lusa ter redescoberto a ave “por acaso, no dia 25 de Maio, no âmbito de filmagens para um documentário sobre borboletas” realizadas pela equipa do programa da RTP “Vida Animal em Portugal e no Mundo”. “Foram vistos oito exemplares, que supomos serem quatro casais”, contou Luís Henrique Pereira.
 
Trata-se de uma espécie, também conhecida como charrela, endémica da região ibero-pirenaica e que tem estado, segundo adiantou, em forte declínio em várias regiões da Europa. De acordo com as informações avançadas pelo repórter, a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) acredita que a perdiz-cinzenta “não era vista em Portugal, no mínimo, há 60 anos”.
 
“Penso que estamos perante uma descoberta muito importante para a avifauna em Portugal, a charrela ou perdiz-cinzenta tinha desaparecido do nosso território. Conhecem-se populações no Norte de Espanha, mas em Portugal não aparecia, de facto, há muito tempo”, salientou Luís Henrique Pereira.
 
O jornalista, a quem foi, há pouco tempo, atribuído o Prémio FAPAS (Fundo de Proteção Para os Animais Selvagens) espera que a presença destas aves seja um sinal de que a espécie voltou a nidificar em Portugal.
 
“Estamos a todo o tempo atentos e expectantes, o trabalho no terreno não tem parado. Se o avistamento foi muito importante, há agora que comprovar o possível regresso da nidificação da perdiz-cinzenta”, concluiu.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close