Mundo

Pena de morte retrocede a nível mundial

A pena de morte retrocedeu a nível mundial no ano passado, conforme revela um relatório da AMI, citado pela agência AFP. De acordo com a organização de defesa dos direitos humanos, foram registadas oficialmente no mundo 527 execuções no ano passado,
Versão para impressão
A pena de morte retrocedeu a nível mundial no ano passado, conforme revela um relatório da AMI, citado pela agência AFP. De acordo com a organização de defesa dos direitos humanos, foram registadas oficialmente no mundo 527 execuções no ano passado, contra as 724 registadas em 2009.

“O mundo está a ir no bom sentido. Estamos a assistir a um grande movimento contra a abolição. Temos mais um país, o Gabão, em África, que aboliu a pena de morte. Mas também demos passos atrás”, assinalou citado pela Euronews Nicolas Beger, diretor da Amnistia Internacional na Europa.

Apesar de a pena de morte continuar a ser aplicada numa minoria de países cada vez mais isolada, há ainda países que continuam e executar a pena de morte como a China, Arábia Saudita, Iémen, EUA e Irão e outros que retomaram a prática.

“Esta cifra não inclui as milhares de penas de morte que podem ter acontecido na China”, alerta o mesmo responsável, já que no país a pena capital é considerada um “segredo de Estado”.

“Os poucos Estados que continuam a utilizar de maneira sistemática a pena de morte realizaram milhares de execuções, indo contra a tendência global de abolição da pena capital”, assinalou ainda o secretário-geral da Amnistia, Salil Shetty à AFP.

“Um mundo sem pena de morte não é apenas possível, e sim inevitável. A única questão é quanto tempo irá demorar”, concluiu o indiano Shetty.

Para consultar o relatório da Amnistia Internacional clique aqui.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close