Inovação e Tecnologia

Peluche inovador dá apoio a crianças com diabetes

Um grupo de engenheiros norte-americanos criou um urso de peluche interativo para ajudar os mais pequenos a lidar com a diabetes, tornando a rotina das injeções de insulina repetidas várias vezes ao dia menos penosa.
Versão para impressão
Para as crianças com diabetes, a rotina das injeções de insulina repetidas várias vezes ao dia pode tornar-se penosa. Com o objetivo de a transformar numa tarefa menos difícil, um grupo de engenheiros norte-americanos criou um urso de peluche interativo para ajudar os mais pequenos a lidar com a doença e para lhes mostrar que não são os únicos nessa situação.
 
O ursinho, batizado Jerry, foi criado por alunos da Northwestern University's McCormick School of Engineering, nos EUA. Tal como as crianças a quem se destina, sofre de diabetes e precisa de cuidados que deverão ser administrados pelo seu dono e que vão desde a monitorização dos níveis de glicose à própria administração de insulina.
 
Aaron Horowitz, um dos criadores do brinquedo, explicou, citado pelos meios de comunicação internacionais, que o objetivo é ajudar os pacientes jovens com diabetes tipo 1 durante a infância, uma fase especialmente sensível. “É assustador para uma criança. Num dia vão ao médico, no outro os pais têm de lhes dar injeções sete, oito vezes por dia”, salientou Horowitz.


 
“Este é um brinquedo que passa pelas dificuldades pelas quais as crianças também estão a passar. Elas não podem ler brochuras médicas, aprendem com a prática”, acrescentou, afirmando que toda a equipa acredita que Jerry pode ajudar os mais pequenos a ultrapassar os medos e ensiná-los a seguir todos os passos necessários para a manutenção da sua saúde.
 
Além de ter “pontos” assinalados para as injeções, onde as crianças podem simulá-las, o peluche tem também um sensor que deteta quando recebe insulina, dá sinais quando o nível de açúcar no sangue é baixo e é capaz de falar, avisando a criança de que não se sente bem. 
 
Atualmente, Aaron Horowitz e Hannah Chung, outra das mentoras do brinquedo, encontram-se em Providence a trabalhar no aperfeiçoamento de Jerry, sendo que o peluche inovador deverá chegar aos mercados em 2013, embora o prazo possa variar.

À criação deste novo amigo para as crianças com diabetes prevê-se o desenvolvimento de outros brinquedos do género, destinados a jovens com problemas de saúde diversos, desde a asma à obesidade.


[Notícia sugerida por Anabela Figueiredo]  

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close