Mundo

Paris quer transformar estações de metro abandonadas

Em Paris, Nathalie Kosciusko-Morizet, candidata às eleições autárquicas da 'cidade da luz', está a trabalhar com a dupla de arquitetos Manal Rachdi e Nicolas Laisné e a pensar nas melhores hipóteses de recuperação das estações de metro fantasma da ca
Versão para impressão
Em Paris, Nathalie Kosciusko-Morizet, candidata às eleições autárquicas da 'cidade da luz', está a trabalhar com a dupla de arquitetos Manal Rachdi e Nicolas Laisné e a pensar nas melhores hipóteses de recuperação das estações de metro fantasma da capital francesa. Os primeiros esboços foram divulgados a semana passada e estão a correr a Internet, de tão surpreendentes que são.

As ideias de transformação daqueles espaços, negligenciados há já cerca de 75 anos, passam por acabar com a solidão que ali se instalou e fazer reviver as primeiras estações de metro parisienses com, por exemplo, piscinas subterrâneas, magníficos restaurantes, auditórios, teatros, galerias e clubes noturnos. 


As propostas visuais apresentadas pela candidata têm vindo a impressionar todos aqueles que as encontram, na Internet, desde a semana passada. Depois de vários anos a ser usadas para filmagens e arrecadação do metropolitano local, as sugestões de transformação daqueles locais são, em tudo, promissoras. 

Segundo o site oficial, caso ganhe as eleições e venha a tornar-se a primeira mulher à frente da Câmara Municipal de Paris, Kosciusko-Morizet, de 40 anos, quer lançar uma plataforma colaborativa onde arquitetos e designers possam apresentar e trocar ideias para restruturação daqueles espaços, encerrados há vários anos pela fraca afluência de passageiros.


Para já, o projeto de recuperação prevê oito das estações-fantasmas esquecidas debaixo da cidade de Paris: Champ de Mars, Arsenal, Porte Molitor, Haxo, Croix Rouge, Porte des Lilas, Saint Martin et Martin Nadaudso. Ainda com o trabalho numa fase incial, a candidata compromete-se a aceitar todo o tipo de propostas e ideias que os interessados queiram partilhar consigo via Twitter.

Saiba mais AQUI.

Notícia sugerida por Maria da Luz e Vítor Fernandes
 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close