Desporto

Paralímpicos portugueses com mais verbas

O valor contratualizado no programa de preparação dos jogos Paralímpicos Londres 2012 foi aumentado em mais de metade, quando comparado com a verba de Pequim 2008.
Versão para impressão
O valor disponibilizado para o programa de preparação dos Jogos Paralímpicos Londres 2012 foi aumentado em mais de metade, quando comparado com a verba de Pequim 2008.

Em entrevista à Agência Lusa, Humberto Santos refere que é preciso “reconhecer que num momento não muito fácil em termos financeiros se conseguiu aumentar em mais de 50 por cento o valor contratualizado”, que ascende a 1,9 milhões de euros no total dos quatro anos.

O presidente do Comité Paralímpico de Portugal (CPP) entende que os mecenas e patrocinadores “serão um fator crítico de sucesso no projeto Londres 2012” e acrescenta: “Ou conseguimos encontrar um leque de mecenas desportivos disponíveis para se envolverem no projeto, ou certamente que muito do nosso trabalho e da nossa expectativa ficará por se realizar”.

Em Pequim, Portugal fez-se representar por 35 atletas em sete modalidades, conquistando sete medalhas. Humberto Santos não esconde que para Londres espera “uma missão semelhante à que esteve nos Jogos de 2008”.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close