Negócios e Empreendorismo

Papel higiénico colorido português chega a Macau

O papel higiénico colorido lançado pela Renova e considerado um produto de luxo continua a dar que falar por todo o mundo. Agora, os rolos de papel às cores da empresa portuguesa chegaram a Macau, entrando num novo mercado.
Versão para impressão
O papel higiénico colorido lançado pela Renova e considerado um produto de luxo continua a dar que falar por todo o mundo. Agora, os rolos de papel às cores da empresa portuguesa chegaram a Macau, entrando num novo mercado.
 
De acordo com a AICEP, que cita a Rádio Macau, o papel higiénico da Renova passou recentemente a ser vendido em duas lojas de produtos criativos – a C-Shop e a MO Design – em território macaense, mas o objetivo é chegar a restaurantes, hotéis e casinos.
 
“A Renova piscou-nos o olho e nós aceitámos o desafio, pela sofisticação, pela modernidade, por ser um ícone de design e de luxo. Acreditámos que Macau seria um mercado muito interessante a explorar”, explica Margarida Vila-Nova que, a par de Ivo Ferreira, é proprietária da Mercearia Portuguesa e representante da Renova em Macau.
 
Esta gama de papel higiénico está disponível em todas as cores – à exceção do clássico branco, produzido por todas as marcas – e destina-se a combinar com diferentes ambientes. Os consumidores podem escolher entre o rosa, o vermelho, o laranja, o amarelo, o verde, o azul, o roxo, o castanho ou o preto, a hipótese que mais tem encantado o público devido ao fator novidade.
 
Apesar de este papel higiénico único ser mais caro que outros produtos do género, Ivo Ferreira acredita que haverá clientes. “Por todo o lado vemos coisas caríssimas. Havia esta estigmatização do papel higiénico porque se destrói, mas se as pessoas que fazem por ter qualidade de vida tomam opções tão curiosas, não sei por que não podem melhorar as suas vidas ao utilizarem este papel”, salienta. 

Sucesso do papel preto é objeto de estudos de caso nos EUA
 

Embora, por agora, só esteja a ser comercializado em duas lojas de Macau, o propósito da marca é espalhar a tendência por outros locais, mesmo reconhecendo que é difícil competir com fornecedores que têm preços mais baixos. 
 
“O que nós queremos perceber é se funciona neste sítio do mundo, num mercado em que estas pessoas têm dinheiro para pagar o luxo. Em Tóquio tem sido um sucesso absoluto”, conta Ivo, salientando que o papel da Renova é símbolo de sucesso da exportação portuguesa.
 
De salientar que o papel higiénico preto lançado pela marca nacional, o mais apreciado, tem mesmo sido alvo de estudos de caso nos cursos de Gestão de diversas universidades norte-americanas.
 
O lançamento do papel higiénico colorido da Renova em Macau coincide com o primeiro aniversário da Mercearia Portuguesa, loja de Margarida Vila-Nova e Ivo Ferreira vocacionada para produtos mais tradicionais.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close