Negócios e Empreendorismo

Pão-de-ló de Margaride mantém 20 empresas

O receita do Pão-de-Ló de Margaride nasceu há 283 anos em Felgueiras e hoje é um dos principais motivos pelo qual 20 empresas daquela cidade mantém a sua atividade.
Versão para impressão
O Pão-de-Ló de Margaride nasceu há 283 anos em Felgueiras e hoje é um dos principais motivos pelo qual 20 empresas daquela cidade mantém a sua atividade. A receita que passou de pais para filhos é produzida por casas familiares que se dedicam à confeção desta iguaria da doçaria tradicional portuguesa.

A “Casa do Pão-de-Ló de Margaride” é o berço desta doçaria tradicional portuguesa. A empresa tem visto as suas vendas aumentar após ter criado um site na Internet onde é possível comprar o doce.

A venda online tornou-se uma “ferramenta importante” e potenciou a comercialização do pão-de-ló para além da comunidade local. O negócio tem hoje “outro potencial” graças ao sucesso desta aposta.
 

“Esta empresa, apesar de ter quase 300 anos, tem de se atualizar. A presença em termos de multimédia é fundamental”, explicou à agência Lusa Guilherme Likfold, proprietário da casa centenária e descendente dos fundadores.
 
O centenário Pão-de-Ló de Margaride é ainda hoje produzido por métodos e receituários tradicionais e tem vindo a registar, cada vez mais, uma grande procura por quem vive em Felgueiras e por quem apenas está de passagem.

Uma tonelada de Pão-de-Ló por dia
 

Com a chegada da Páscoa são produzidas em Felgueiras muitas toneladas de Pão-de-Ló de Margaride, que são vendidas a dezenas de confeitarias espalhadas por todo o país.

A vereadora da câmara municipal Carla Meireles contou à Lusa que a “Fábrica do Pão-de-Ló de Margaride” mantém a sua atividade deste 1700 e hoje consegue produzir cerca de “uma tonelada desta iguaria por dia”.

“É a partir daqui que o pão-de-ló cresce e confere toda a notoriedade e reconhecimento a este produto tradicional, com característica próprias, confecionado à base açúcar, farinha e ovos”, observou a vereadora.


O Pão-de-Ló de Margaride é celebrado este fim de semana num festival que se realiza em Felgueiras pelo quarto ano consecutivo. O Mosteiro de Pombeiro, monumento nacional que integra a Rota do Romântico, acolhe pessoas vindas de todo o território nacional e ainda do país vizinho.

“Estamos a promover o evento para além de Portugal, incluindo na Galiza. Por isso, esperamos a presença de muitos espanhóis”, contou Carla Meireles.

 
Nos dois dias do festival, que decorre nos claustros do convento, são milhares as pessoas que vão a Felgueiras procurar diferentes especialidades da doçaria tradicional local, como as lérias e as cavacas, além de outros produtos, como é o caso dos vinhos verdes da zona de Felgueiras.

Clique AQUI para visitar a página oficial da “Casa do Pão-de-Ló de Margaride”.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close