Sociedade

Padres doam ordenado para combater pobreza

A recomendação foi feita pelo arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, numa carta enviada aos 500 padres da diocese. A doação pode ser feita de forma faseada ao longo dos próximos meses e não é obrigatória. Contudo, a ideia é que seja dado o exemplo aos
Versão para impressão
A recomendação foi feita pelo arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, numa carta enviada aos 500 padres da diocese. A doação pode ser feita de forma faseada ao longo dos próximos meses e não é obrigatória. Contudo, a ideia é que seja dado o exemplo aos crentes.

Em declarações ao Diário de Notícias (DN), o arcebispo explica que, com a verba angariada, será “constituído o Fundo Partilhar com Esperança”, como resposta da Igreja para acudir aos casos mais graves de pobreza na região minhota. O fundo é aberto a todos os católicos e também a não crentes.

Os padres são “convidados a dar o correspondente ao que ganham num mês”, ou seja, cerca de 800 euros. Espera-se que a adesão à iniciativa seja muita, uma vez que a medida foi primeiramente sugerida pelos próprios sacerdotes, esta semana, numa reunião do Conselho Presbiteral.

D. Jorge Ortiga garantiu que este apelo não colide e “nem pretende substituir o Fundo de Solidariedade Social criado pela Conferência Episcopal Portuguesa” e gerido pela Cáritas.

O arcebispo declara que a medida não vai ser alargada ao resto do país, mas será dinamizada em Braga durante todo o próximo ano e “enquanto fizer falta”.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close