Inovação e Tecnologia

Paços de Ferreira vai ter Cidade Tecnológica

O projeto foi recentemente apresentado e prevê a renovação urbanística de um antigo quarteirão militar onde se irão instalar estruturas de formação profissional e empresas de tecnologia. Trata-se de um investimento de oito milhões de euros que promet
Versão para impressão
O projeto foi recentemente apresentado e prevê a renovação urbanística de um antigo quarteirão militar onde se irão instalar estruturas de formação profissional e empresas de tecnologia. Trata-se de um investimento de oito milhões de euros que promete gerar milhares de postos de trabalho diretos e indiretos.

Das antigas instalações vão ser recuperados quatro edifícios e construídos de raiz outros dois que acolherão, entre outros equipamentos, um Laboratório de Realidade Virtual ou um Auditório 3D. A ideia é juntar no mesmo espaço empresas, escolas de formação profissional e universidades.

As obras vão arrancar já em dezembro e deverão estar concluídas em 18 meses. Este é, segundo Rui Coutinho, coordenador do projeto da Cidade Tecnologica, o tempo suficiente para concluir a requalificação urbana de 30 mil metros quadrados situados em pleno centro da cidade de Paços de Ferreira.

“Com este tipo de empresas estamos seguros que estamos, por um lado, a criar valor para a indústria, mas também estamos a contribuir para captar ideias inovadoras e quadros qualificados”, salienta Rui Coutinho em declarações à RTP.

“Queremos que toda a gente conviva neste espaço, desde jovens que estão a aprender profissões, a académicos que estão a investigar e a desenvolver áreas cientificas e tecnológicas, assim como as empresas que estão a criar produtos e sistemas inovadores”, acrescenta o responsável.

Na área que vai acolher o projeto encontram-se, atualmente, instaladas a Tecval e a Profisousa, incubadora e escola de formação profissional que se manterão na Cidade Tecnológica. Estas duas entidades passarão a ter a companhia da Associação Empresarial de Paços de Ferreira, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras e do Instituto Politénico do Porto.





O Centro Avançado de Design do Mobiliário e diversas empresas de base tecnológica também vão integrar a Cidade Tecnológica pacense.

Um dos edifícios será o IHub Business Area, espaço de acolhimento de empresas mas que também terá o Centro de Transferência de Tecnologia do IPP, laboratórios, Auditório 3D, Data Center e ainda restaurante e refeitório. Nas imediações ficará o Laboratório de Realidade Virtual Imersiva.

Resultante de um investimento de oito milhões de euros, minimamente comparticipados pelo município, a futura Cidade Tecnológica do concelho foi apresentada no início da semana passada, no Pavilhão Municipal de Paços de Ferreira.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close